STTrans dá suporte a técnicos de Santos sobre respeito à faixa

Por - em 26

Uma comitiva de técnicos da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) da cidade de Santos, litoral de São Paulo, está visitando João Pessoa para conhecer o funcionamento do projeto que desde 2005 incorporou nos pessoenses a cultura de respeito à faixa de pedestre. A Superintendência de Transportes e Trânsito de João Pessoa (STTrans) dará suporte técnico à CET, que pretende implantar o projeto ‘Faixa Viva’ nos mesmos moldes do que vem sendo realizado em João Pessoa, que tem como slogan ‘Faixa de Pedestre: A gente respeita e a cidade anda melhor’.

Os técnicos informaram que escolheram João Pessoa porque aqui o projeto de respeito à faixa de pedestre deu certo. Segundo eles, outro determinante para o intercâmbio e a troca de experiência na Capital paraibana foram as características semelhantes à cidade de Santos como o número de habitantes, número da frota de veículos e por ser uma cidade litorânea.

Durante dois dias, cinco componentes, entre repórter, cinegrafista, fotógrafo, o coordenador do Departamento de TV da Secretaria de Comunicação Social de Santos, Omar Bermedo, e o Diretor Operacional, Ivson Texeira, vão elaborar um vídeo institucional que será apresentado junto com o lançamento da campanha previsto para o dia 6 de maio, em Santos. O vídeo explicará como funciona o projeto de respeito à faixa de pedestre nas cidades onde ela é respeitada, a exemplo de João Pessoa.

Nesta terça (22) e quarta (23), a equipe da CET, os monitores da Educação para o Trânsito e o gerente da Divisão de Sistema Viário da STTrans (DSV), Sanderson Cesário, farão imagens de como funciona a campanha nas principais faixas da cidade, como a do Centro Turístico, em Tambaú; da Avenida Ruy Carneiro (colégio Geo), Praça da Independência, Shopping Tambiá, Praça João Pessoa, Mercado Central, Avenida Hilton Souto Maior, entre outras vias movimentadas e com grande fluxo de pedestres.

A coordenadora da Educação para o Trânsito, Carolene Estrela, explicou que a campanha da faixa é contínua em escolas e nos principais corredores da cidade. “A campanha lançada em 2005 mostra que com educação os motoristas e pedestres tendem a incorporar novos hábitos em seu dia a dia, ficando mais seguros no trânsito e mais conscientes de que cada um tem seu espaço” disse a coordenadora. Ela falou da importância da visita dos técnicos de Santos. “Isso mostra que nossa campanha de respeito à faixa de pedestre deu certo e serve de exemplo para outras cidades”, observou.

O diretor operacional da CET, Ivson Teixeira, disse ter ótimas referências do projeto da faixa de pedestre em João Pessoa e por isso a cidade foi uma das escolhidas para ser apresentada no vídeo institucional que será lançado em maio pelo prefeito de Santos, João Paulo Tavares. “O projeto da faixa de pedestre em João Pessoa é muito bem consolidado. Sabemos que foi um trabalho a longo prazo, mas seguiremos o exemplo da Capital da Paraíba” afirmou o diretor.

Segundo o gerente da DSV da STTrans, Sanderson Cesário, está prevista para este ano a sinalização horizontal de aproximadamente 35.000 m² de pinturas, entre faixa de pedestre, eixo de vias, marcas de canalização, entre outras. João Pessoa possui cerca 2 mil faixas de pedestres.

É bom lembrar que o uso da faixa de pedestre requer algumas precauções, de acordo com a equipe de Educação para o Trânsito. O pedestre deve procurar uma faixa ao atravessar uma via de grande movimento, parar, olhar, observar se vem carro e sinalizar com a mão a intenção de atravessar a via. “Respeitados esses procedimentos, o pedestre está em condições de cruzar a faixa com segurança, mas também cabe ao motorista ficar atento ao aproximar-se de uma faixa e parar para que o pedestre possa atravessar a via com segurança”, orientou Carolene Estrela.