STTrans faz dia de doação de sangue para estoque de hospitais

Por - em 34

A Superintendência de Transporte e Trânsito de João Pessoa (STTrans) realiza nesta quarta-feira (27) um dia de Doação de Sangue. A população da Capital pode ir à sede do órgão, no quilômetro 25 da BR-230, no bairro do Cristo Redentor, para fazer a doação, que é destinada aos portadores de câncer e outras doenças que necessitam de transfusão.

Uma equipe do Hemocentro estará realizando a coleta nos funcionários e pessoas interessadas em fazer a doação. A equipe de Educação para o Trânsito da STTrans estará no local para dar orientações sobre a violência no trânsito e campanhas educativas. A ação será realizada das 8h às 16 h.

Segundo a coordenadora de Ações Estratégicas do Hemocentro, Vânia Cavalcanti, a meta é que sejam doadas 30 bolsas de sangue. “Queremos estimular a doação voluntária. A gente nem sempre consegue atingir essa meta, porque as pessoas só doam para reposição, só se interessam quando alguém da família está precisando. A doação voluntária é muito pequena. Nos hospitais, há sempre muitos pacientes que precisam de transfusão a cada dia”, disse.

Antes da coleta, os possíveis doadores passarão por exames médicos para conferir as boas condições de saúde, seguindo as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS). Durante a ação, os doadores também vão receber explicações sobre a importância da doação de medula. “Todas as pessoas que forem doar receberão um lanche antes e outro após a coleta”, afirmou Vânia Cavalcanti. Ela lembrou ainda que o volume de sangue colhido, 390 ml, não faz falta ao doador e o organismo repõe rapidamente o que foi retirado, já que a doação estimula o organismo.

Conscientização – A superintendente da STTrans, Laura Farias, salientou a importância destas ações para a conscientização da população para a doação e as campanhas educativas que serão realizadas conjuntamente. “Mas do que nunca percebemos o quanto a educação e a cultura de paz são importantes no trânsito. Doar é um ato de amor e por isso a STTrans aproveita o momento da campanha para também orientar as pessoas sobre os riscos que elas correm ao agir com imprudência e desrespeitando a sinalização”, disse Laura Farias.

“Além das pessoas que fizerem doações, também receberemos todos aqueles que estiverem na STTrans para resolver algum problema e visitantes. Mesmo que não doem, eles receberão cartilhas educativas, panfletos e orientações sobre como dirigir com segurança, sem violência e evitar acidentes de trânsito”, afirmou Joseneide Cardoso, coordenadora de Educação para o Trânsito.

Para doar sangue é necessário

– Não ter tido hepatite após os 10 anos de idade;
– Ter idade entre 18 e 65 anos;
– Pesar acima de 50 kg;
– Dormir bem na noite anterior à doação;
– Não estar gripado, resfriado, com febre ou diarréia;
– Não ter feito tatuagem nos últimos 12 meses.