STTrans faz fiscalização para evitar estacionamentos proibidos

Por - em 17

A Superintendência de Transportes e Trânsito de João Pessoa (STTrans) realiza a partir desta quinta-feira (18), e por um período de 30 dias, um trabalho de fiscalização e orientação aos motoristas de veículos particulares e de ônibus do transporte coletivo que transitam pela Avenida Josefa Taveira, no bairro de Mangabeira. A medida, que visa melhorar a fluidez do trânsito no local e evitar os estacionamentos proibidos, contará com agentes de trânsito e transporte, além da equipe de Educação para o Trânsito.

Segundo o chefe da Divisão de Controle Operacional do Trânsito, Kléberson França, os agentes farão o disciplinamento dos motoristas que passarem pela via, para evitar que eles estacionem seus veículos em locais proibidos. “O trabalho vai durar 30 dias porque queremos que a ação se consolide e os motoristas se conscientizem sobre os estacionamentos irregulares e imprudências cometidas na via”, disse. A ação será realizada nos turnos da manhã e tarde.

De acordo com o chefe da Fiscalização de Transportes, Paulo Sérgio, os agentes motociclistas e das viaturas irão percorrer a avenida para orientar os motoristas dos ônibus que estacionem os veículos nos locais indicados para eles. “O foco da diretoria de Transporte está nos operadores dos coletivos. A população reclamava muito que os ônibus não estavam parando nas baias deles e quando isso ocorre causa confusão no trânsito e até mesmo congestionamento”, disse.

Paulo informou que muitas vezes os motoristas dos coletivos não podem estacionar em suas baias porque elas estão ocupadas por veículos comuns ou mesmo por ambulantes e por isso a ação será conjunta entre as equipes de trânsito e transporte. “Recebemos muitas solicitações e pedidos da comunidade local e por isso iniciaremos este trabalho de disciplinamento”, disse.

Autuações – Kléberson França afirmou que durante a ação o motorista flagrado em desacordo com a sinalização e legislação será autuado de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro. A coordenadora de Educação para o Trânsito, Joseneide Cardoso, informou que a equipe realizará um trabalho educativo e de conscientização junto aos motoristas e pedestres. “Estaremos orientando as pessoas que passarem pela avenida para evitar que elas sejam autuadas, mas no caso de persistirem no erro, elas serão notificadas”, disse.