STTrans instala semáforos na Avenida Júlia Freire

Por - em 42

A Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) cumpriu mais uma etapa do projeto para tornar a Avenida Júlia Freire (bairros da Torre e Expedicionários) uma alternativa de escoamento para os usuários que se deslocam no sentido Centro/Praia e que hoje trafegam pela Avenida Epitácio Pessoa. Nesta quarta-feira (18), foram instalados dois semáforos na via que serão integrados através do sistema ‘Onda Verde’. Cada semáforo custa em média R$ 11 mil e a sua instalação só é realizada após estudos.

Nesta etapa, a Júlia Freire ganhou dois semáforos sequenciais no cruzamento com a Esperidião Rosas e a Expedicionários. Nos próximos dias, o cruzamento da avenida com a Barão de Mamanguape também receberá sinalização semafórica. Vale lembrar que para a instalação de um semáforo é necessário implantar sinalizações vertical (faixas de pedestres) e horizontal (placas).

As mudanças na Avenida Júlia Freire estão sendo realizadas como forma de desobstruir a Avenida Epitácio Pessoa. Com instalação dos semáforos, os motoristas utilizarão a via sem a realização de paradas por conta da ‘Onda Verde’ (velocidade média de 50 km/h ao iniciar a via possibilita passar todos os sinais na cor verde), o que diminuirá o tempo de deslocamento. A Júlia Freire também ganhará uma passagem de nível sobre a BR-230, fazendo com que os motoristas possam chegar até a Tito Silva (Miramar) através da via.

O diretor de Trânsito da STTrans, Omar Ramalho, explicou que as mudanças garantirão a fluidez do tráfego, tornando as viagens no sentido Centro/Praia mais rápidas. “Será criada uma alternativa a mais de escoamento para os motoristas”, disse.

No Cristo – Para este mês de março está prevista a instalação de semáforos em 12 cruzamentos, sendo que isso já ocorreu em três deles. Um dos equipamentos entrou em funcionamento na manhã desta quarta-feira (18) no cruzamento da Avenida Elias C. de Albuquerque com a Rua Romeu Rangel, localizado no bairro do Cristo Redentor, atendendo uma solicitação de moradores da região.

O vereador Ronivon Ramalho Diniz (PMDB), Mangueira como é mais conhecido, encaminhou a reivindicação à STTrans. Ele informou que a comunidade pedia há cerca de 10 anos a instalação do equipamento naquela localidade como forma de evitar acidentes e agilizar o tráfego. Segundo o parlamentar, o sinal também facilitará a vida dos pedestres, que poderão a fazer a travessia das vias com mais segurança.

Já o comerciante Antônio dos Santos aprovou a implantação do semáforo na localidade. Ele, que tem uma lanchonete em frente ao cruzamento, informou que já presenciou alguns acidentes naquela área e afirmou que agora o problema estará resolvido.

A superintendente da STTrans, Laura Farias, explicou que para a instalação de semáforos é necessária a realização de uma série de estudos. “Muitas vezes a população solicita o equipamento, mas aquele local não comporta o semáforo. Outro problema é que as pessoas querem que aquela demanda seja atendida de imediato, o que nem sempre é possível, devido à necessidade de fazer o estudo e também o processo para a compra do material que demanda tempo”, comentou.