STTrans investe em sinalização e educação para reduzir acidentes

Por - em 24

Trabalhando para reduzir as estatísticas de acidentes de trânsito e garantir a segurança de motoristas e pedestres, a Superintendência de Transportes e Trânsito de João Pessoa (STTrans) investe em sinalização, equipamentos modernos e campanhas educativas. Só neste ano, a campanha “Faixa de Pedestre: A gente respeita e a cidade anda melhor”, já distribuiu uma média de mais de 250.000 panfletos à população de João Pessoa e turistas, orientando sobre a importância do respeito à faixa. Além dos investimentos em campanhas, a STTrans também implantou um moderno sistema de monitoramento do trânsito da cidade, com o Gerenciador Inteligente do Trânsito (GIT Vias).

“Estas ações contribuem muito para que a gente reduza os índices de acidentes em toda a cidade e ainda atinge os turistas, que ao voltarem às suas cidades terão sido beneficiados pelas campanhas e poderão aplicá-las onde moram. Estamos em constante atualização das nossas campanhas, verificando em que a cidade tem deficiência e onde os motoristas devem melhorar. Temos como foco o álcool e direção, cinto de segurança, uso do capacete, violência no trânsito, respeito à faixa de pedestre e agora o uso da cadeirinha”, afirmou a superintendente Laura Farias.

Segundo ela, apesar dos investimentos, a participação da população, tanto na adesão aos motivos da campanha, quanto na aplicação dos ensinamentos, são fundamentais para que a cidade possa contar com um trânsito mais seguro e tranquilo. “Não adianta, por exemplo, a gente tentar educar as pessoas a evitarem o álcool antes de dirigir, se elas teimam em desrespeitar a legislação. Nosso intuito é antes de tudo educar para depois repreender, por isso realizamos campanhas constantemente, mas o apoio dos motoristas, pedestres, ciclistas e motociclistas é nossa principal arma para garantir o trânsito seguro”, afirmou.

Apesar da dificuldade de se estabelecer parâmetros que comprovem a redução dos acidentes a partir das campanhas educativas e dos investimentos em sinalização, entre os anos de 2008 e 2009, a Capital paraibana apresentou uma redução no número de acidentes ao mesmo tempo em que viu a frota crescer em mais de 20 mil novos veículos. “Estes dados são o que nos fazem acreditar que nossas ações estão contribuindo para o trânsito da cidade, pois mesmo com o aumento do número de veículos nas ruas, conseguimos reduzir os acidentes”, disse Laura Farias.

A maior redução foi verificada no número de acidentes com vítimas, já que em 2008 foram registrados 4.972 acidentes e em 2009 o número caiu para 4.556, uma redução de 8,37%. O número de acidentes geral, incluindo abalroamentos, colisões, atropelamentos e choque, entre outros, caiu 7% no comparativo entre os dois últimos anos. A maior redução se deu entre os atropelamentos, a modalidade mais combatida através da campanha da faixa, criada em 2005 e que está, este ano, em sua terceira edição. A queda no número de atropelamentos foi de 20,15%.