STTrans monta esquema especial para Romaria da Penha neste sábado

Por - em 25

Um esquema especial foi montado pela Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) para atender a população em função da Romaria de Nossa Senhora da Penha, que todos os anos atrai milhares de fiéis à praia com o mesmo nome, onde está localizado o Santuário de Nossa Senhora da Penha. A procissão terá início às 22h do sábado (26) e a STTrans designou 86 servidores entre agentes de trânsito, fiscais de transportes e pessoal de apoio para dar suporte ao evento e segurança aos fiéis que irão acompanhar o cortejo.

O trecho da Avenida João Machado entre a Rua das Trincheiras e a Rodrigues de Aquino será interditado a partir das 15h do sábado (26) para a concentração dos fiéis e organização do evento. Também no sábado, o entorno do Santuário de Nossa Senhora da Penha será interditado ao tráfego de veículos a partir das 16h, apenas os moradores cadastrados e o pessoal envolvido na organização da romaria terão trânsito livre no local.

Após o início do deslocamento da romaria, os agentes de trânsito serão remanejados para os outros pontos por onde seguirão os fiéis efetuando os bloqueios e os desvios necessários para a segurança do trânsito. As vias que terão maior número de agentes serão; Avenida Pedro II, Via Expressa Padre Zé, Principal dos Bancários (João Rodrigues Alves, Sérgio Guerra e Walfredo Brandão) e Avenida Hilton Souto Maior a partir da entrada de Mangabeira até o Santuário de Nossa Senhora da Penha.

A equipe de transporte vai controlar a saída/embarque/desembarque nos ônibus, principalmente após o término da procissão, na Praia da Penha. O esquema da STTrans vai funcionar a partir das 19h do sábado (26) às 7h do domingo (27). De acordo com Paulo Silveira, da Divisão de Transportes da autarquia, será feito todo um trabalho para causar o mínimo transtorno possível ao usuário do transporte coletivo. “O itinerário dos ônibus ‘Tetéu’ – que circulam durante a madrugada, por exemplo, será modificado à medida que o cortejo for passando, voltando ao normal em seguida”, explicou.

O superintendente da STTrans, Nilton Pereira de Andrade, disse que o plano montado visa o conforto e a segurança dos fiéis que participam do maior evento religioso da Capital. “Estaremos atentos no trânsito e no transporte para que tudo transcorra na normalidade”, disse Nilton Pereira.

A romaria da Penha tem um percurso de 14 quilômetros: sai da Igreja de Lourdes, na Avenida João Machado, no Centro, e depois os fiéis passam pela avenida Dom Pedro II, trevo universitário, principal do bairro do Castelo Branco, passam pelo contorno da entrada do bairro de Mangabeira e seguem pela Avenida Hilton Souto Maior, que dá acesso à Praia da Penha. A previsão de chegada é às 4h, na Praça Oswaldo Pessoa, onde vai ser celebrada uma missa campal pelo arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto.

Trânsito na Igreja de Lourdes (concentração) – O trecho da Av. João Machado entre a Rua das Trincheiras e a Rua Rodrigues de Aquino será interditado a partir das 15h. As áreas de isolamento na concentração serão estendidas conforme o aumento do público, devendo o fluxo da Avenida João Machado, entre a Rua das Trincheiras e a Tabajaras (Praça Castro Pinto), ser interditado a partir das 20h. Após a interdição do cruzamento entre a João Machado e a Tabajaras, os veículos que vêm da Vasco da Gama em direção ao Centro, deverão seguir pelas ruas Capitão José Pessoa, Rodrigues de Aquino, Irineu Joffiliy, Rodrigues Chaves e Nina Lima, até a cidade baixa ou em frente, indo à Praça Venâncio Neiva. Os veículos que saem do Centro com destino a Cruz das Armas, após o fechamento do cruzamento na Diogo Velho com João Machado, deverão seguir pela Rua Desembargador José Peregrino, cruzar a Rodrigues de Aquino indo até a Nina Lima retornando para as Trincheiras.

Ônibus extra – A STTrans solicitou às empresas de transportes coletivos da Capital um reforço das linhas de ônibus durante a realização da Romaria da Penha. De acordo com a Diretoria de Transportes da autarquia, as empresas Transnacional e Marcos da Silva vão disponibilizar ônibus extras, oferecendo maior comodidade àqueles que participarem do evento religioso. A Transnacional colocará mais 70 veículos (se necessário, outros dez ônibus serão disponibilizados, dependendo da demanda) e a Marcos da Silva, mais 35. Os ônibus ficarão estacionados na PB-008, nas proximidades do antigo posto de combustíveis “Federal”.