STTrans notifica 31 vans que fazem transporte escolar em JP

Por - em 29

Após uma semana de fiscalização a Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) já abordou 163 veículos que fazem o transporte escolar em João Pessoa. Desse total, 31 foram notificados pela ausência do selo na cor amarela que comprova que o veículo passou pela vistoria obrigatória semestral. Também foram apreendidos seis veículos clandestinos, que foram recolhidos para o pátio da Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran).

Os veículos que forem flagrados circulando sem o selo de aprovação estão sujeitos a penalidades. A multa para a primeira abordagem dos automóveis cadastrados, mas que não passaram pela vistoria, é de R$ 51,03. Eles ainda terão o alvará recolhido. Para os clandestinos, a penalidade é uma multa no valor de R$ 85,13 e perda de quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do condutor, além da retenção do veículo.

Em caso de segunda abordagem, tanto os cadastrados quanto os clandestinos são penalizados com multa no valor de R$ 85,13 e ainda perdem quatro pontos na CNH do condutor, além da retenção do veículo.
Todos os veículos que fazem esse tipo de transporte devem fazer a vistoria semestral obrigatória, onde passam por uma inspeção minuciosa e recebem um selo que comprova que estão aptos para trafegar. O prazo para vistoria foi encerrado no final de mês passado. Agora, os condutores que não cumpriram o calendário terão que pagar uma multa no valor de R$ 15,31, além da taxa de pagamento para a vistoria de R$ 40,80.

Itens de segurança – Durante a inspeção são observados itens de segurança, equipamentos obrigatórios, e as condições de higiene e conforto do veículo. No total, 40 itens são avaliados. Também é verificado se as faixas laterais e traseiras estão de acordo com as normas que regulamentam o serviço de transporte escolar. A vistoria acontece no pátio da sede da STtrans, no km 25 da BR-230, no bairro do Cristo Redentor, das 8h às 17h. Para mais informações ou reclamações os usuários devem ligar para a Central de Informações (Cerin) da STTrans através do número 0800 281 1518 e 3218-9335 .

Atualmente existem 350 veículos de transporte escolar cadastrados na STTrans, sendo que 275 (78,57%) passaram pela vistoria nesse segundo semestre. Dos transportes que foram inspecionados 262 foram aprovados e 13 reprovados, uma vez, que apresentaram problemas em itens como pneus, extintores, pintura, luzes internas e externas, além de faixas de padronização.
Segundo estimativas da STTrans, cerca de quatro mil crianças e adolescentes são transportados por dia em veículos escolares na capital. Esse tipo de transporte deve passar semestralmente por vistoria como forma de garantir a segurança das pessoas que utilizam o serviço.

“Nós estamos fechando o cerco contra o transporte clandestino, pois ele representa um risco muito grande para a população e para os usuários do serviço. Ampliamos as vagas dos escolares para que mais pessoas pudessem fazer o transporte de forma regular, por isso, não há razão para que não haja a regulamentação. É preciso que os pais fiquem atentos quando forem contratar um serviço de transporte. Os carros que não tiverem o segundo selo deste ano estarão impedidos de fazer o transporte de alunos. Em caso de dúvida procure a STTrans antes de contratar o serviço de transporte escolar, alertou a superintendente do órgão de trânsito e transportes, Laura Farias Gualberto.