Prossegue ação ‘Tolerância Zero’ contra carros estacionados em calçadas

Por - em 173

Após várias campanhas educativas nos últimos cinco anos para conscientizar os motoristas de que a calçada não é área de estacionamento e sim espaço exclusivo de pedestres, a Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) de João Pessoa decretou “Tolerância Zero” para essas infrações. Durante a primeira semana da ação, várias ruas da Capital foram fiscalizadas e veículos que foram flagrados estacionados nas calçadas acabaram sendo autuados.

Esta medida, agora mais enérgica, foi necessária em função do aumento no número de ocorrências de veículos irregularmente estacionados sobre o passeio público. Os agentes de trânsito, além de autuar os infratores, também fazem o trabalho educativo a fim de que o condutor infrator entenda a importância de não utilizar a calçada como estacionamento. Colocando o carro na calçada, o motorista expõe a risco de acidentes os pedestres que são obrigados a disputar espaço com os veículos na via quando encontram as calçadas obstruídas por carros ou motos.

A multa por estacionar o veículo no passeio (calçada) é de R$ 127,53 mais cinco pontos na CNH (infração grave). O veículo ainda poderá ser rebocado dependendo do transtorno que estiver causando.

Para o superintendente da STTrans, Nilton Pereira, não houve alternativa para coibir essas infrações, senão endurecer a fiscalização, autuando de imediato os veículos flagrados estacionados no passeio público. “Fizemos várias campanhas educativas e a fiscalização realizada continuamente, mesmo assim o desrespeito ao pedestre vinha aumentando, por isso tivemos que tomar medidas mais rigorosas”, disse Nilton Pereira.

Twitter– A operação iniciada pela STTrans tem recebido elogios por parte da população, que se sente prejudica com calçadas ocupadas por veículos. “Fiquei muito contente com o início da operação contra carro em calçada”, disse Cléia Silva, que encaminhou mensagem para o twitter @sttransjp. “A medida se faz necessária em função do total desrespeito dos condutores de veículos com os pedestres”, postou o @transitoweb.

Para se ter uma idéia, nos primeiros 10 meses deste ano (janeiro a outubro) a Central de Reclamações e Informações (Cerin) da STTrans recebeu 1.362 denúncias de veículos estacionados na calçada. “É a população que liga denunciando, reclamando e sempre solicita uma ação mais enérgica da STTrans”, disse a coordenadora do Setor, Mara de Fátima.

Para o diretor de trânsito, Cristiano Nóbrega, esse comportamento inadequado acaba se voltando contra os próprios motoristas que bloqueiam uma calçada e no dia seguinte não conseguem caminhar no passeio público por porque outros veículos estão parados no mesmo local. “As pessoas devem entender que nem todo pedestre é motorista, mas em algum momento o motorista é pedestre. É uma questão de consciência e respeito à cidadania”, ressalta.

A população pode continuar ajudando o trabalho da STTrans denunciando as infrações pelo 0800-281-1518 ou 3218 9336.