STTrans realiza 3ª Feira de Educação para o Trânsito e Transporte nesta quinta-feira

Por - em 15

Com o tema “Aprendendo a transitar no espaço público”, a Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) realizará nesta quinta-feira (18) a terceira edição da Feira de Educação para o Trânsito e Transporte, na Estação Cabo Branco, no Altiplano, das 9 às 17h.
O evento já faz parte do calendário de educação para o trânsito da STTrans e é realizada dentro  da Semana Nacional do Trânsito, que acontece de 18 a 25 de setembro, instituída pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Este ano, o Contran definiu como tema “A criança no trânsito”, com o objetivo de sensibilizar mães, pais e educadores para a adoção de ações que promovam a segurança das crianças no trânsito.

Durante todo o dia, os alunos das escolas municipais, estaduais e particulares vão participar de vivências, oficinas e apresentações artísticas como dança, peças de teatro e música. Pela manhã, a criançada será recepcionada pelos educadores de trânsito que farão com elas uma
vivência sobre como transitar num espaço público. No auditório da Estação Cabo Branco, o teatro de bonecos da STTrans – ‘Orgulhos de João Pessoa’ – fará apresentação de  boas vindas. Em seguida, educadores organizarão as oficinas sobre trânsito de uma forma lúdica e divertida.

À tarde, a programação terá início às 13h com a vivência “Embarque e desembarque com segurança”. O teatro de bonecos apresentará a peça teatral “A escola no trânsito e o trânsito na escola”. Às 16h, a palestra “A criança no trânsito”, voltada para educadores, encerrará o evento. Nos dois últimos anos, esse evento foi realizado com êxito no Parque Zôo Arruda Câmara, em Tambiá.

Estatísticas – De acordo com dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), 21.199 crianças de 0 a 12 anos foram vítimas em acidentes de trânsito ocorridos no País em 2006. Desse total, 818 morreram.
Segundo o Ministério da Saúde, entre os óbitos por acidentes envolvendo crianças de 0 a 14 anos, os relativos ao trânsito aparecem em primeiro lugar. Em 2004, 41,1% das mortes por acidentes foram no trânsito, seguidas por afogamento (26%), sufocação (13,4%), queimaduras (6,6%) e outros (12,9%).
Em função desses números, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) projetou para este ano a conscientização de pedestres, ciclistas e condutores sobre deveres e direitos no trânsito, priorizando o aspecto da educação.

A gerente de educação para o trânsito da STTrans, Erenilda Queiroz, destaca que a terceira edição da feira quer firmar o conceito de valorização da segurança no trânsito, além de fazer com que as pessoas respeitem o espaço do próximo.