STTrans recupera canteiros no Cristo destruídos por vândalos

Por - em 29

A avenida Raniere Mazilli, no Cristo Redentor, passou por uma série de modificações implementadas pela Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans). Uma delas foi o fechamento de várias aberturas no canteiro central, feitas por alguns motoristas e motociclistas que preferem encurtar o percurso, evitando ir até o girador e fazer o retorno com segurança. Além do vandalismo, a ação provocou acidentes no local, gerando insegurança para condutores de veículos e pedestres.

O crime de destruição do patrimônio público é previsto no artigo 163 do Código Penal, inciso III, e prevê detenção de seis meses a três anos e pagamento de multa. Após estudos técnicos e análise das causas dos acidentes ocorridos na Raniere Mazili, a Assessoria de Planejamento e a Diretoria de Trânsito da STTrans decidiram fechar os acessos para retorno, deixando apenas o girador, o que reduziu significativamente os acidentes na via.

Um número elevado de acidentes tem sido registrado na Ranieri Mazilli. Em 2008 ocorreram 59 acidentes na via, sendo que 24 resultaram em vítimas. Nesse primeiro semestre de 2009 já foram registrados 22 acidentes, sete com vítimas. Segundo Omar Ramalho, diretor de trânsito da STTrans, isso quer dizer que se não tivessem sido feitas as modificações, as ocorrências do ano passado iriam se repetir. “Ainda nesta sexta-feira (6) a STTrans irá consertar os danos causados no canteiro central pelos vândalos e ficará atenta para que pessoas sem compromisso com o interesse público não o destruam novamente”, disse.

Se forem identificados, os autores do dano ao patrimônio público serão denunciados ao Ministério Público e processados com base no Código Penal, respondendo na justiça pelos prejuízos causados ao município.