STTrans reúne alunos de 70 escolas na Feira de Educação para o Trânsito

Por - em 23

Teatro, dança, oficinas e atividades lúdicas estão na programação da ‘3ª Feira de Educação para Trânsito e Transporte’, que está se realizando até o final da tarde desta quinta-feira (18) na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes. Cerca de 70 escolas da rede pública e privada estão participando do evento, o que corresponde a uma demanda de mais de 4 mil estudantes, na faixa etária de 5 aos 17 anos. O evento integra a Semana Nacional do Trânsito e é realizado pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP), através da Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans).

Como explica a coordenadora de Educação para trânsito da STTrans, Gilmara Branquinho, a Feira deste ano enfatiza o mesmo tema da Semana Nacional (de 18 a 25 deste mês), que é ‘A criança e o Trânsito’. “Procuramos humanizar o tema, por isso todo ano fazemos esta feira”, observa.

A garotada inicia o roteiro de atividades participando de uma vivência orientada pelos agentes de trânsito, sobre como transitar em um espaço público. É nessa etapa que os participantes aprendem sobre mobilidade e segurança e passam a conhecer também o trabalho desenvolvido pelos funcionários da STTrans.

Ao chegar no auditório, o público infanto-juvenil assiste à encenação do grupo de teatro de fantoche da STtrans ‘Orgulhosos de João Pessoa’. “Eles fazem uma analogia sobre o trânsito na rua e dentro da escola”, esclarece Gilmara Branquinho.

Ainda dentro da programação estão as apresentações das escolas, que incluem teatro, dança e coral. Enquanto alguns grupos participam de todas essas atividades no auditório, outros alunos passam pelas oficinas, oferecidas pela STTrans e Secretaria de Educação e Cultura (Sedec). São aulas relacionadas ao tema do evento. Além de crianças e adolescentes, estão participando também da feira alunos do curso de magistério.

José Henrique Araújo Ponde Leon tem 9 anos de idade e faz a 3ª serie no Instituto Menino Jesus de Praga. Ele diz que está aprendendo muito com a feira. “Aprendi os sinais de trânsito que eu não sabia. Foi o que mais gostei”, comenta.