STTrans se engaja na luta contra o câncer de mama

Por - em 35

A Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) se engajou na luta contra o câncer de mama e vem realizando atividades de prevenção à doença, durante todo este mês outubro – instituído como o mês internacional de combate ao câncer de mama.

Nesta semana foi realizado no auditório Onozandro Morais, na sede do órgão, o ‘Outubro Rosa’, evento que teve o objetivo de homenagear as mulheres e conscientizá-las sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer, enfermidade que afeta a vida de milhares de brasileiras.

O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima para este ano na Paraíba terá 470 novos casos de câncer de mama para cada grupo de 100 mil habitantes. Já para João Pessoa, a estimativa é de 170 novos casos para cada 100 mil habitantes.
 
Representantes de todos os setores participaram da atividade, que contou com uma decoração especial toda em cor de rosa, com muitas flores, bolas, árvore de chocolates e um bolo cheio de detalhes como ramos e flores. Os participantes do evento ainda receberam uma fita rosa, que simboliza a luta contra o câncer de mama.

A superintendente da STTrans, Laura Farias, revelou que teve a ideia de realizar o evento após ler uma revista que falava sobre o problema do câncer de mama e do ‘Outono Rosa’. “Ao ler o material eu tive a vontade de fazer a surpresa às mulheres, que estão mais vulneráveis à doença. Além de ser uma homenagem, este é um alerta para que todas se previnam e que os seus companheiros sigam juntos delas nessa luta contra a câncer”, comentou.

Testemunho
– O diretor de Transporte da STTrans, Adalberto Araújo, que estava presente no auditório prestou o seu testemunho. A sua mulher vem lutando há cerca de dois meses contra o câncer de mama e ele vem dando todo o apoio e suporte necessário.

Adalberto contou que como tem muita fé e esperança e sempre acreditou na cura. “Quando soube que ela estava com a doença permaneci tranquilo, mas seguro que Deus iria agir, as orações de conhecidos e até de desconhecidos ajudaram na cura de minha esposa”, comentou.
Ao final da fala do diretor, que deixou muitas pessoas emocionadas, o Coral da STTrans começou a canta as músicas ‘Cor de Rosa Choque’ de Rita Lee e ‘Mulher’ de Erasmo Carlos. Durante a apresentação os homens foram conduzidos a pegar a fita cor de rosa, símbolo da campanha da cura contra a doença.

A servidora Josineide Cardoso, não conteve a emoção com as palavras do diretor, com a luta de sua mulher contra a doença e disse que ele é um exemplo para todos os homens. “Essas palavras de Adalberto servem para que todos os homens não rejeitem as suas mulheres no momento em que elas mais precisam de ajuda”, afirmou.