Técnicos da Semam vistoriaram 26 pontos de nascentes de rios da Capital e relatório final será concluído em março

Por Jô Vital - em 225

Os técnicos da Divisão de Estudos e Pesquisas (Diep) da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), já vistoriaram 26 pontos de nascentes de rios na Capital. O trabalho de Mapeamento e Monitoramento das Nascentes e Corpos Hídricos de João Pessoa começou em 2019 e deve ser concluído até o próximo mês de março.

O relatório traz um diagnóstico sobre as condições das nascentes dos rios que estão localizadas no território de João Pessoa e está norteando todas as ações de preservação e recuperação ambiental das áreas. O estudo contém informações sobre as condições ambientais, indicando como estão o solo da área das nascentes, a vegetação, a condição da água, entre outros aspectos.

Para elaborar o Mapeamento os técnicos da Semam estão fazendo visitas de campo, elaborando mapas de estudo com localização de cada nascente e respectivas coordenadas, identificando a fitofisionomia e flora, conservação da mata ciliar e condições de regeneração, identificação dos impactos ambientais negativos e identificando ainda a titularidade e zoneamento dos pontos, se as nascentes estão localizadas em área privada.

O secretário de Meio Ambiente, Abelardo Jurema Neto, destacou que “esse é um instrumento de extrema importância para a elaboração das políticas ambientais, uma ferramenta que vai agilizar a ação não só dos técnicos da Semam, como de diversas outras secretarias da PMJP. Estamos falando sobre o trabalho de profissionais como biólogos, geógrafos e engenheiros ambientais, que estão debruçados sobre elaboração de mapas, ações de vistoria na área das nascentes, levantamento de dados sobre as condições da água, entre outras atividades, como as oficinas de educação ambiental com a população que mora no entorno das nascentes”.