Termo de Conduta regula atendimento na Feirinha de Tambaú

Por - em 100

Os comerciantes da praça da alimentação da Feirinha de Tambaú terão que mudar a forma de atendimento a consumidores. A decisão foi tomada na tarde desta quinta-feira (17) com a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o condomínio Complexo Alimentar Varandas de Tambaú – que administra o local – e o Procon de João Pessoa.

O objetivo do TAC é impedir o constrangimento de consumidores que ao chegarem ao local são abordados por diversos atendentes ao mesmo tempo. O assédio acaba dificultando o trânsito livre dos clientes na área. A partir da assinatura do Termo, as vias de acesso à praça da alimentação, que compreendem as rampas e degraus de entrada, devem ficar desobstruídas de atendentes ou ainda outros objetos, como cadeiras e grades de refrigerantes.

Os atendentes terão que obedecer ainda a um espaço limite, indicado pela administração do condomínio, nas entradas principais da praça da alimentação, para início da abordagem. Além disso, cada consumidor só poderá ser abordado por um único atendente por vez, a fim de evitar conflitos entre os vendedores e ainda o constrangimento do cliente.

O documento determina ainda a proibição da abordagem de clientes na parte externa da praça de alimentação, ou seja, a área reservada para o passeio público e bancos de cimento que contornam a área de uso comum. A assinatura do TAC, que já está vigorando, foi motivada por denúncias de consumidores e da associação que representa os comerciantes do local.