Teste gratuito de HIV durante ação contra Aids na Rodoviária

Por - em 22

O serviço de testagem e aconselhamento sobre a Aids da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) foi levado na tarde desta sexta-feira (30) para o Terminal Rodoviário, no bairro do Varadouro. No local, foi instalado um estande onde a população recebeu informações, além de um espaço reservado de coleta de sangue destinado à realização do exame HIV.

Neste sábado, a equipe ocupará o Ponto de Cem Réis para prestar informações e distribuir material informativo sobre a Aids. O trabalho de sensibilização contará com a contribuição do grupo de teatro da Associação de Prevenção à Aids – Amazona, com o espetáculo ‘Boi de feira’. Em função do Dia Mundial de Combate à Aids, lembrado neste sábado (1º de dezembro), a Prefeitura está realizando a campanha ‘A Aids gosta de variar e você não vai deixar – Previna-se. Use camisinha’ e uma série de ações preventivas contra a doença.

Conscientização – Durante a ação foram entregues à população aproximadamente 1.500 panfletos. Ao final da tarde, a Coordenação de DST/Aids, vinculada à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), contabilizou 50 testes HIV realizados durante a ação. O coordenador do serviço, Roberto Maia, ressaltou que é importante despertar constantemente na população a importância de se prevenir contra as DSTs e Aids, além da realização periódica da testagem. “Na Rodoviária encontramos um público muito diversificado e, por isso, resolvemos começar essa ação aqui. O objetivo é despertar a consciência da população para a prevenção a Aids”, frisou.

Índices – Os números da Aids cumulativos desde 1985 até novembro de 2006 chega a 860 notificações, o que representa 33% dos casos totais registrados em todo o Estado. Desse público, 26% são mulheres e 74% são homens. A maior incidência é com os heterossexuais, com 52% dos casos, seguidos pelos bissexuais 15%, homossexuais 13% e usuários de drogas e/ou transfusão de sangue 1%. Em relação à faixa etária, 2,1% são menores de nove anos; 1,5% estão na faixa dos 10 a 19 anos; 49% estão na idade dos 20 aos 34 anos, enquanto que 39% estão entre os 35 aos 49 anos.

Entre o público acima dos 50 anos, o índice de pessoas com Aids é de 8,4% dos casos. Esse grupo é apontado como vulnerável em virtude do prolongamento da vida sexual e, especialmente, à resistência ao uso do preservativo.

A realização do exame de HIV é um direito de qualquer cidadão e o serviço é disponibilizado diariamente no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), que funciona do antigo Lactário da Torre. O serviço é aberto ao público de segunda a sexta-feira, das 6h às 11h e das 13h às 17h. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 3214-7981. O CTA está localizado na avenida Rui Barbosa, no bairro da Torre.