Tiago Moura faz show na Estação Cabo Branco neste sábado

Por - em 111

O cantor e compositor Tiago Moura se apresenta neste sábado (26), às 19h, no auditório da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano, com entrada gratuita. O show intitulado ‘Cantos pra se dançar de azul’ é a estreia da obra do artista e marca definitivamente sua entrada no mundo da música profissional, através da aprovação do seu projeto ‘Alvíssaras’, pelo Fundo Municipal de Cultura. O cantor e compositor Adeildo Vieira e o violoncelista argentino Leo Medina são os convidados especiais desta apresentação.

“O conceito do show desenvolveu-se na tradição das canções de singeleza, por assim dizer, a herança cultural das cantigas, das toadas, dos acalantos, não propriamente nas formas, mas nos sentimentos que permeiam tais experiências musicais. Nesse sentido, é apológico à vida, às formas universais de afeto, às expressões de saudade”, explica Tiago.

A saudade, inclusive, segundo Tiago Moura, foi o alimento espiritual de algumas canções que nasceram em Portugal, onde ele passou recente temporada. “Músicas como ‘Assim quando o rio passou’ e ‘Saudade vernácula’, essa última um exercício com sonoridades de palavras de origem indígena, tratam sutilmente dessa condição humana”.

Músicas – Além das canções de Tiago Moura, o show traz releituras de outros compositores paraibanos que tangenciam esse universo das canções de exaltação, a exemplo de ‘Ancestrais’ (Milton Dornellas) e ‘Jackspanderiá’ (Erivan Araújo). Entre as composições de Tiago estão ‘Iara’ e ‘Termais’, e parcerias como ‘Torso Rubro’ (com Acilino Madeira) e ‘Musa’ (com Gilson Renato).

A artista plástica Tamara Sorrentino assina a cenografia. No show, Tiago Moura será acompanhado pelos músicos Rudá Barreto (guitarra), Uaná Barreto (teclados), Ildes Bass (baixo elétrico), Pedro Freire (marimba e percussão), George Gláuber (bateria) e Mickael Moura (percussão).

Trajetória – O canto é ideia antiga na vida do jovem compositor. O paradoxo do enunciado se traduz na sua trajetória de 14 anos atuando como intérprete, com passagem por vários grupos da cidade e diferentes circuitos de produção, a começar pelas bandas de baile até chegar a grupos de linguagem contemporânea como ‘Zabumbeat’, ‘Arapuca’ e a banda do compositor Kennedy Costa.

Hoje, aos 29 anos de idade, inicia um novo ciclo e apresenta o show de estreia de sua obra, ‘Cantos pra se dançar de azul’, proposta que formata a busca por uma unidade simbólica dentro da diversidade de gêneros brasileiros e dos próprios processos de composição que o artista vivencia.

SERVIÇO:

Show: Tiago Moura – Cantos pra se dançar de azul

Dia: Sábado (26)

Hora: 19h

Local: Auditório da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes – Av. João Cirilo da Silva, s/n – Altiplano.

Fone: 3214.8270 – 3214.8303.

Entrada gratuita

CONTATO PARA A IMPRENSA:

Rivaldo Dias – Chefe do Setor de Programas e Atividades da Estação Cabo Branco

Fone: 8812.3999