Tom Zé apresenta show ‘Outono em João Pessoa’ no Teatro de Arena

Por - em 126

Muita música e uma performance inconfundível é o que o público da Capital pode esperar do show ‘Outono em João Pessoa’, do artista baiano Tom Zé, que acontece nesta sexta-feira (20), a partir das 20h30, no Teatro de Arena do Espaço Cultural. O evento faz parte da programação da I Semana Estadual da Luta Antimanicomial. O espetáculo e repertório foram criadas especialmente por Tom Zé para esta apresentação promovida pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por intermédio da sua Fundação Cultural (Funjope).

O espetáculo estava previsto para acontecer no Ponto de Cem Réis, mas na manhã desta sexta-feira (20), a Funjope decidiu transferir o show para o Teatro de Arena do Espaço Cultural devido às fortes chuvas que caem na Capital. Com essa medida o público poderá conferir a apresentação com mais conforto e segurança.

Antes de Tom Zé subir no palco, o público poderá conferir as apresentações musicais dos usuários do Centro de Acompanhamento Psico Sociais (Caps) Gutemberg Botelho e Caminhar, ambos de João Pessoa e dos Caps Primavera e Porto Cidadania, da cidade de Cabedelo. Em seguida, acontece o show da banda paraibana Evoé.

Como o próprio Tom Zé narrou em texto enviado exclusivamente para este show “o outono, nos outros lugares, é meio sombrio, mas no Nordeste e na Paraíba é plena alegria. Então eu vou pegar pesado nesse show”, empolga o artista.

No show, Tom Zé vai apresentar seu mais novo projeto. “E já que estou solto e posso participar da Luta Antimanicomial, vou subir no palco com toda a emoção para fazer um misto quente do set box ‘Estudos de Tom Zé: Tô Te Explicando Pra te Confundir’.

“Este trabalho foi lançado um pouquinho adiante aí de vocês, um pouquinho mais pra cima, naquele país não tão alfabetizado chamado Estados Unidos – com grande sucesso, o que significa que eles estão querendo se paraibanizar”, declarou. No palco também haverá um misto quente do set box misturado com ‘O Pirulito da Ciência’.

“O que é muito adequado para todo o Estado da Paraíba, já que Miguel Nicollélis, passando aí por perto, disse que esse nosso povo é muito inteligente”. Ao final do texto, Tom Zé completa. “Quem não comparecer vai ser multado”, intima o público.

Repertório – Tom Zé garante a alegria e descontração do show, com composições como ‘Menina de Jesus’, ‘Feira de Santana’, ‘Tô’, ‘2001’ e ‘Abacaxi de Irará’. A banda é formada pelo paraibano Jarbas Mariz (viola e violão); Laulo Léllis (bateria), Cristina Carneiro (teclado); Felipe Alves (baixo) e Renato Léllis.

Evoé – A banda, que comemora um ano de seu primeiro contato com o palco, como os próprios integrantes revelam, encharca a terra paraibana com uma música entremeada de vozes da novidade baiana, pernambucana, da tropicália, da cultura pessoense e dos cidadãos comuns e instigados. A banda conta com um repertório de 13 músicas autorais, construídas por todo o conjunto.