Tribos indígenas e clubes de orquestra abrem desfiles do Carnaval Tradição na Avenida Duarte da Silveira

Por Juneldo Moraes - em 1342

Chegou a vez do Carnaval Tradição. Tribos Indígenas, Clubes de Orquestras, Escolas de Samba e Ala Ursas tomam conta da Avenida Duarte da Silveira a partir das 17h30 deste sábado (22) até a segunda-feira (24). Ao todo, 50 agremiações – oito convidadas e 42 concorrentes – participam do evento, que faz parte da programação do Carnaval de Boa, assim como as prévias carnavalescas e o Folia de Rua.

O Carnaval Tradição é realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope), em parceria com a Liga Carnavalesca, Associação dos Clubes de Orquestra de Frevo, Liga Independente das Escolas de Samba e Associação dos Ursos Carnavalescos e apoio de diversas secretarias e órgãos municipais.

Conforme o regulamento do Carnaval Tradição, construído pela Funjope e representantes das agremiações, cada categoria terá um tempo determinado para sua apresentação. Ala Ursas terão 20 minutos cada, os Clubes de Frevo terão 25 minutos, as Tribos Indígenas terão 30 minutos e as Escolas de Samba terão 40 minutos cada para fazer a apresentação. O descumprimento do tempo limite acarretará na perda de pontos.

O desfile será aberto pelo Coletivo Maracastelo, convidado especial, que se apresenta às 17h30. A primeira agremiação concorrente será o Clube de Orquestra Adolescente e Criança Feliz, da comunidade Padre Hildon Bandeira, que entra na avenida às 18h. Além dela, outras 12 agremiações concorrentes (seis clubes de orquestra e seis tribos indígenas) desfilam na abertura Carnaval Tradição.

No domingo (23), as apresentações começam mais cedo, com a Nação Maracahyba, convidada especial, que entra na avenida às 17h. Depois será a vez da primeira concorrente do segundo dia de desfile, a Tribo Indígena Tupinambás, de Mandacaru. Às 20h50, a avenida será da Pavão de Ouro, do Bairro São José, primeira escola de samba a desfilar no Carnaval Tradição 2020. A última agremiação a se apresentar será a atual campeã, a Unidos do Róger.

O último dia de desfile do Carnaval Tradição de João Pessoa, segunda-feira (24) é reservado para as Ala Ursas. A programação começa às 17h30 com a apresentação do Maracatu Nação Pé de Elefante e outros convidados que farão uma participação especial. A competição dos ursos carnavalescos será aberta pelo Urso Anos Dourados, às 19h.

Resultado – A apuração dos votos do Carnaval Tradição 2020 será na terça-feira (25), às 10h, no local do desfile (Av. Duarte da Silveira), quando serão conhecidos os vencedores das quatro categorias: Escolas de Samba, Clubes de Frevo, Tribos Indígenas e Ala Ursas, que receberão uma premiação em dinheiro e um troféu confeccionado pelo artista plástico Babá Santana.

Estrutura – Além da estrutura de som – que inclui uma housemix – e iluminação para as agremiações, foi montada uma arquibancada para mais de 2.500 pessoas, tablado de acessibilidade e foram instalados vinte banheiros químicos, incluindo os de acessibilidade, que foram distribuídos próximo ao percurso.

Investimentos – A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) investiu, através do Fundo Municipal de Cultura (FMC), R$ 460 mil no Carnaval Tradição. A PMJP também vai dar uma premiação em dinheiro para os três primeiros colocados de cada categoria (Escola de Samba, Tribo Indígena, Clube de Frevo e Ala Ursa), no valor de R$ 10 mil para cada uma do grupo A, sendo R$ 5 mil para o primeiro lugar; R$ 3 mil para o segundo colocado, e R$ 2 mil para o terceiro. No total, a PMJP vai distribuir R$ 40.000,00 entre os vencedores.

Confira a programação completa

Sábado (22), a partir das 17h30

Convidado Especial – Coletivo Maracastelo

Clube de Orquestra Adolescente e Criança Feliz (Torre)

Tribo Indígena Ubirajara (Rangel)

Clube de Orquestra A Corda do Frevo (Torre)

Tribo Indígena Guanabara (Mandacaru)

Clube de Orquestra Gigantes do Frevo (Torre)

Tribo Indígena Xavante (Bairro dos Novaes)

Clube de Orquestra Alegria do Frevo (Torre)

Tribo Indígena Tupy Guanabara (Água Fria)

Clube de Orquestra Os 25 Bichos (Jaguaribe)

Tribo Indígena Africanos (Cristo)

Clube de Orquestra Sai da Frente Dona Emília (Esplanada)

Tribo Indígena Papo Amarelo (Cruz das Armas)

Clube de Orquestra Ciganos (Cruz das Armas)

Domingo (23), a partir das 17h

Convidado Especial – Nação Maracahyba

Tribo Indígena Tupinambás (Mandacaru)

Clube de Frevo São Rafael Frevo e Folia

Tribo Indígena Tabajaras (Cruz das Armas)

Clube de Frevo Piratas de Jaguaribe (Jaguaribe)

Tribo Indígena Tupy Guarany (Mandacaru)

Clube de Frevo Bandeirante (Torre)

Escola de Samba Pavão de Ouro (São José)

Escola de Samba Império do Samba (Róger)

Escola de Samba Independentes de Mandacaru (Mandacaru)

Escola de Samba Malandros do Morro (Torre)

Escola de Samba Unidos do Róger (Róger)

Segunda-feira (24), a partir das 17h30

Convidados Especiais – Maracatu Nação Pé de Elefante, Batucada Nova Liberdade, Águia de Ouro, Urso Branco (13 De Maio), Urso Maucriado e Urso Branco (Sapé)

Competidores

Urso Anos Dourados

Urso Preto e As Paquitas

Urso Solitário

Urso Gavião

Urso Folião

Urso da Paz

Urso Amigo Batucada

Urso Jamaica

Urso Sem Lenço, Sem Documento

Urso Gorila Louco

Urso Menino de Rua

Urso Panda

Urso Branco e Cia Mandacaru

Urso Atrevido

Urso Canibal

Urso Reboliço

Urso Santa Cruz

Urso Celebridade