TV digital é um dos temas desta 6ª do encontro sobre software

Por - em 22

Prossegue nesta sexta-feira (19), na Estação Cabo Branco Ciência, Cultura e Artes, o III Encontro de Software Livre (ENSOL). O evento, que vai até domingo (21), este ano tem como tema: “Liberdade no Extremo” e se consolida no calendário de eventos de Tecnologia da Informação (TI) mais importantes do mercado.

Nesta sexta-feira (19), o destaque será a palestra sobre o “Desenvolvimento Colaborativo de Software para Televisão Digital: Open Ginga um estudo de caso”, com o professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Guido Lemos, no auditório principal da Estação, a partir das 11h, logo após o credenciamento dos inscritos.

O palestrante apresentará os projetos de desenvolvimento colaborativo de software para televisão digital FLEXTV e OpenGinga, os problemas encontrados, soluções adotadas e lições aprendidas. A experiência com os projetos executados serviu de base para a proposta do GingaCDN, cujo objetivo é de estruturar uma fábrica de software baseada em tecnologias Web.

Na sala 1 da Estação Ciência, o palestrante Mauricio Linhares vai falar sobre o “Melhoramento nas Performances de Aplicações da Web”. De acordo com Maurício Linhares, existem diversas formas de melhorar a performance de uma aplicação web, mas a maior parte delas se baseia na alteração do código que está atualmente sendo executado, o que nem sempre é uma opção para todos os casos. “Felizmente, com um pouco de criatividade, conhecimento sobre o protocolo HTTP e algumas pequenas alterações é possível melhorar consideravelmente a performance de uma aplicação”, comentou Linhares.

Na palestra, Linhares apresentará técnicas simples que fazem uso das possibilidades definidas no protocolo HTTP para aumentar a performance da aplicação alterando pouco ou nada do que o usuário já fez. Serão mostradas um conjunto de dicas fáceis de serem implantadas e que podem desafogar os servidores.

Na sala 2 da Estação Ciência, a partir das 14h, o palestrante Leandro Almeida falará sobre “Single Packet Authorization – Aumentando a segurança no SSH”. Muitos administradores necessitam acessar suas redes remotamente e, na maioria das vezes, este acesso é feito via protocolo SSH. O simples fato do SSH utilizar a criptografia não impede que diversos tipos de ataques possam ser lançados, como por exemplo, Main the middle, Dos, Brute Force e Engenharia Social.

A palestra tem como principal objetivo apresentar o Single Packet Authorization, uma técnica relativamente nova, que é utilizada através do software livre fwknop – FireWall KNock OPerator. A instalação da aplicação também fará parte da palestra, além de um cenário prático com máquinas virtuais.

Enquanto isso, na sala dois, também às 14h, Igor Sobreira, vai ministrar palestra sobre o tema: “Python – Programando em alto nível”. Para quem desconhece, Python é uma linguagem de programação de propósito geral, de alto nível, elegante e divertida de programar. A tipagem dinâmica, o alto nível de reflexão e metaprogramação, a natureza multiplataforma, dentre outras qualidades, tornam Python uma ferramenta bastante poderosa e flexível. Essa palestra vai apresentar esse cativante “mundo Python”, com alguns exemplos simples e funcionais.

Às 17h, Flávio Ribeiro vai ministrar palestra sobre Python nos Celulares. O Python vem em um constante crescimento em vários nichos da tecnologia, e nos celulares não é diferente. Um port do interpretador Python para smartphones está vindo como principal solução para o desenvolvimento ágil de aplicações móveis.

Rodrigo Vieira, um dos organizadores do evento e membro da G/LUG, disse que este será um dos maiores eventos de software que a cidade de João Pessoa vai presenciar. Até o momento, são 939 inscritos de todos os Estados do país. A expectativa dos organizadores é de que este ano cresça ainda mais o interesse das pessoas por softwares livres, a exemplo do Linux.
 
O que é ENSOL?
 
O Encontro de Software Livre da Paraíba é um evento organizado pelos grupos G/LUG-PB e PSL-PB. O objetivo é promover e estimular o intercâmbio de experiências entre as diversas iniciativas, como grupos de Software Livre e entidades de mesma filosofia, através de soluções com Software Livre e de código aberto, difundindo seu caráter de alternativa tecnológica viável.

O evento parte da filosofia ampla de compartilhamento do conhecimento e das formas de poder geradas por esse acesso. O público alvo é a sociedade como um todo. Entretanto, o caráter tecnológico do Software Livre gera um público mais específico, ou seja, estudantes de Tecnologia da Informação, de nível fundamental, médio e superior, gerentes de TI de pequenas, médias e grandes empresas, acadêmicos e profissionais de Tecnologia da Informação e Comunicação, secretarias de informática e administração dos municípios, profissionais da área tecnológica que desejam desenvolver e introduzir ferramentas de Software Livre em sua empresa.
 
Pai do Software Livre, Richard M. Stallman

Um dos palestrantes mais aguardados será o americano Richard M. Stallman, criador do Software Livre, da Fundação Software Livre, do Projeto GNU e da famosa licença GPL. A palestra será no domingo (21), a partir das 10h, no auditório principal da Estação Cabo Branco. Na ocasião, ele ensinará um pouco mais sobre liberdade, software e sobre a força que esses dois conceitos idílicos têm tido sobre o mundo. Comentará ainda sobre as sociedades, suas economias, educação e especialmente algo que há muito anda perdido: humanidade.