USF é entregue à população do Cidade Verde pela PMJP

Por - em 141

“Isso aqui é uma maravilha. Sou uma das primeiras moradoras do conjunto e estou muito feliz. Espero que a população conserve o prédio sempre assim”. As palavras são da funcionária pública aposentada Margarida Maria da Silva, que chegou cedo para participar da solenidade de inauguração da Unidade de Saúde da Família (USF) ‘Verdes Mares’, no bairro Cidade Verde, na tarde desta sexta-feira (27). Acompanhado da secretária de Saúde, Roseana Meira, e dos moradores da comunidade, o prefeito Ricardo Coutinho (PSB) participou da solenidade e conheceu as instalações físicas do prédio.

A construção e aparelhamento da unidade, localizada na Rua Maria Regina Martins, s/n, próximo ao ponto final de ônibus do bairro, consumiram R$ 683 mil em recursos próprios da Prefeitura de João Pessoa (PMJP).

Mais USFs – “Estou voltando ao Cidade Verde hoje para honrar meu compromisso e entregar ao povo uma obra importante para ele, que é essa unidade de saúde. Nesse governo, já construímos, estruturamos e entregamos 13 unidades e vamos entregar mais duas na próxima semana”, anunciou o prefeito.

Ele lembrou que ao assumir a Prefeitura encontrou muitas USFs “funcionando em casebres, sem o mínimo de infra-estrutura, um desrespeito com os profissionais e principalmente aos usuários. Três anos depois de muito trabalho, estamos devolvendo a dignidade na saúde”, reforçou o prefeito. Ainda no seu discurso, ele informou que as ruas ao redor da unidade de saúde serão todas calçadas para facilitar o acesso ao local.

Abertura – A USF ‘Verdes Mares’ começa a funcionar na próxima segunda-feira (30) e vai atender à população que mora na área que abrange os conjuntos Cidade Verde I, II e III. A unidade vai estar aberta de segunda a sexta-feira nos turnos da manhã (7h30 às 12h) e tarde (13h às 17h), funcionando inicialmente com três equipes de profissionais (médicos, enfermeiros, odontólogos, técnico em enfermagem, agente comunitário de saúde e auxiliar de consultório dentário).

Além dos serviços de atenção básica à saúde, como clínica geral, enfermagem, odontologia, vacinas, diabetes, hipertensão, exames laboratoriais, distribuição de medicamentos, visitas domiciliares, ações coletivas e acolhimento, os profissionais ainda vão desenvolver atividades como terapias comunitárias e trabalho com grupo de idosos, gestantes e adolescentes.

Diferenciais – Selma Guedes, coordenadora da unidade, informou que alguns trabalhos são voltados especialmente para as crianças, citando o escovódromo e a brinquedoteca, que deverão funcionar já no mês de julho. Outro diferencial na unidade é a instalação de uma vigilância eletrônica, a primeira implantada em prédios de USF. “A unidade também está adequada para os deficientes físicos. Na recepção há uma rampa, assim como nos banheiros femininos e masculinos, adaptados aos portadores de necessidades especiais”, ressaltou Selma.

O prédio segue os padrões dos demais construídos na atual gestão, com o espaço físico dividido em salas de vacina/curativo, citologia, gabinetes odontológicos, consultórios médicos e enfermagem, salas de espera e higienização, copa, câmara de lixo, administração e almoxarifado, além de banheiros para o público e os funcionár