Usina de beneficiamento de coco vai ser instalada na 12ª região

Por - em 78

Cerca de 400 moradores dos bairros que integram a 12ª região do Orçamento Democrático (OD) participaram na noite desta segunda-feira (8) da sexta Audiência Regional do Ciclo do Orçamento Democrático. A audiência foi realizada na escola municipal jornalista Raimundo Nonato, no conjunto Gervásio Maia. Nesta primeira etapa do ciclo do Orçamento Democrático, a população indica as prioridades de sua região, que vão nortear a elaboração das peças orçamentárias (LDO e LOA) do Poder Executivo para 2011.

Saúde, infraestrutura, trabalho e renda foram as indicações dos moradores da 12ª região, que compreende o conjunto Gervásio Maia, os bairros de Gramame, Engenho Velho,Colinas do Sul I e II, Conjunto residencial Marinês e Ponta de Gramame. O prefeito Ricardo Coutinho e secretários municipais ouviram e anotaram as solicitações das comunidades presentes. Aquelas apontadas como as mais urgentes foram respondidas prontamente, como as relacionadas à infraestrutura de alguns bairros da região.

“O Orçamento Democrático se consolidou em João Pessoa e este instrumento popular tem o poder de dividir melhor os recursos públicos, quando a população vem dialogar democraticamente com o governo. Isso sinaliza quais são as principais necessidades do bairro”, ressaltou o prefeito. Ele disse que o Orçamento Democrático é um aprendizado mútuo entre gestão e população, possibilitando a fiscalização das ações do governo. “Por isto, é fundamental que o OD seja protegido e que não haja retrocessos, pois este instrumento é uma conquista popular”, disse.

Usina – O secretário de Turismo da Capital (Setur), Elzario Júnior, que participou da audiência, revelou que o Ministério do Turismo liberou recursos da ordem de R$ 413.000,00 para a implantação de uma usina de beneficiamento de coco em um dos bairros que integram a 12ª região do Orçamento Democrático. A usina vai possibilitar a utilização, de maneira artesanal, da fibra e da quenga do coco para geração de emprego e renda para os moradores da região. Ele explicou que a Prefeitura vai participar com 10% do valor como contrapartida e que ainda este mês a licitação para a aquisição dos equipamentos será iniciada. “A nossa previsão é que depois de todo o trâmite licitatório ser concluído, as obras e aquisição dos equipamentos ocorram em 90 dias”, informou Elzário.

A coordenadora do OD, Ana Paula Almeida, apresentou as conquistas que a 12ª região alcançou nestes cinco anos, entre elas, a construção de 1.336 casas no Gervásio Maia, a construção de uma Unidade de Saúde da Família ‘Mudança de Vida”, também no conjunto; a pavimentação de ruas na região; implantação de saneamento ambiental e sistema de drenagem de todas as ruas do Gervásio Maia; construção de um Centro de Referência da Educação Infantil (Crei); implantação do Centro de Referência da Assistência Social (Crais), na comunidade Taipa.

Ana Paula anunciou também as obras que estão previstas, como a drenagens e pavimentações, ampliação e reforma de escolas, e a construção de moradias populares para a comunidade Maria de Nazaré.