Usuários do Restaurante Popular têm festa junina nesta segunda

Por - em 30

O São João dos usuários do Restaurante Popular da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) será comemorado nesta segunda-feira (21) com muito forró e animação. O “I São João Solidário”, promovido pela unidade, que é ligada à Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), acontecerá a partir das 10h30, no Restaurante Popular da Lagoa, localizado no anel externo do Parque Solon de Lucena. A animação ficará por conta de um trio de forró pé-de-serra e na sobremesa serão servidas comidas típicas da época.

De acordo com a diretora de Trabalho, Renda e Economia Solidária da Sedes, Vaulene Rodrigues, a proposta do São João Solidário é possibilitar a confraternização entre os usuários do Restaurante Popular. “Setenta por cento das mil pessoas que aqui almoçam diariamente se conhecem. Temos um público fiel e amigo. Muitos destes são companheiros de rua, da luta pela sobrevivência diária”.

A diretora explica que a política de segurança alimentar e de economia solidária da Prefeitura Municipal de João Pessoa tem um olhar cidadão para este restaurante. “Nossa atenção vai além da quantidade e qualidade alimentar. Temos atenção com o bem estar e a boa convivência nas relações. A vivência de cinco anos desta proposta de restaurante deu tão certo que em breve inauguraremos outro restaurante popular no bairro de Mangabeira e seguiremos este mesmo formato. A gestão municipal tem concentrado esforços no combate à fome e a desigualdade social”, destacou.

Funcionamento – O Restaurante Popular da Prefeitura de João Pessoa oferece de segunda a sexta-feira, a partir das 11h, mil refeições para a população ao preço de R$ 1,00 com o valor nutricional de 1.400 calorias. Também são oferecidos suco e sobremesa. O objetivo é fortalecer a política de Segurança Alimentar e Nutricional na Capital, visando atender a primeira meta do milênio da Organização das Nações Unidas (ONU), que é o combate à fome. São cerca de 255 mil refeições por ano. Estima-se que 35% do público atendido pelo restaurante são de pessoas idosas e com deficiência.

Todo o processo de produção da alimentação é supervisionado por técnicos da Sedes. A unidade ainda recebe periodicamente o acompanhamento da Vigilância Sanitária e demais órgãos de fiscalização. A meta da PMJP é que a população adote a segurança alimentar e nutricional como estilo de vida, buscando se alimentar de maneira mais saudável.