Vice-prefeito abre oficina de capacitação do Bolsa Família

Por - em 62

O vice-prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, participou nesta quinta-feira (12) da abertura da oficina do Plano Setorial de Qualificação para Beneficiários do Programa Bolsa Família. Ele representou o prefeito Ricardo Coutinho (PSB), que se encontra em Brasília (DF). Em João Pessoa, a iniciativa deverá beneficiar 381 pessoas, que receberão capacitação para trabalhar na área de turismo. Dessas, 119 deverão ser encaminhadas ao mercado de trabalho.

Na Capital, o programa Bolsa Família atende a mais de 35 mil famílias, 7.072 consideradas pobres e 28,5 mil extremamente pobres. O valor total mensal repassado às famílias é de mais de R$ 3 milhões. O evento, que aconteceu no auditório da Procuradoria Regional do Trabalho 13ª Região, na Capital, contou com a presença do ministro do Desenvolvimento Social e de Combate à Fome (MDS), Patrus Ananias de Sousa.

Na solenidade, o vice-prefeito elogiou a qualidade dos programas sociais do governo federal de combate à pobreza, a exemplo do Bolsa Família. “Nos últimos 30 anos, nunca se viu tantos programas sociais e implantados de forma tão inteligente”, disse ele.

Indicadores – Luciano Agra também citou o esforço da atual administração de João Pessoa, que vem trabalhando através da intersetorialidade entre suas secretarias para alcançar melhores resultados em seus programas e ações sociais. “Com isso, conseguimos melhorias dos indicadores sociais e o também destaque como uma das cidades do Nordeste que vem alcançando os melhores êxitos nessas ações”, disse ele.

O vice-prefeito lembrou ainda alguns dos principais projetos criados pela administração do prefeito Ricardo Coutinho, a exemplo do Bolsa Universitária, que deverá ser implantado ainda este ano e beneficiará jovens filhos de famílias que recebem recursos do Bolsa Família.

Patrus – Em seu discurso, o ministro Patrus Ananias destacou os investimentos do MDS na Paraíba, a exemplo das mais de 407mil famílias no Estado que recebem recursos do Bolsa Família, o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), que atende a mais de 48,6 mil crianças na região; e ainda, o programa de geração de renda para adolescentes que beneficiam 26,2 mil jovens de 15 a 17 anos de idade. “Os investimentos na Paraíba do Ministério do Desenvolvimento Social já passam de R$ 1 bilhão. Para o ano de 2009, o orçamento previsto para todo o Ministério é de R$ 33 bilhões. Ainda não é muito, mas a questão da pobreza passou a ser prioridade no governo federal, no governo Lula”, ressaltou.

O ministro Patrus Ananias disse ainda que as prefeituras que priorizarem as políticas públicas, que investirem recursos próprios, ou através de parcerias, em programas sociais podem conseguir um aumento no repasse de verbas a partir do empenho em suas gestões. Isso, disse ele, sem que haja privilégios a partir de prefeituras partidárias ou não do governo. “Não faremos discriminação com prefeituras de outros partidos. Assim estaríamos discriminando o povo”, disse ele.

Planseq – Sobre a importância do Plano Setorial de Qualificação para Beneficiários do Programa Bolsa Família, Patrus Ananias lembrou que o governo federal está dando ênfase aos programas de qualificação e capacitação profissional, de geração de trabalho, emprego e renda. Quanto ao programa Bolsa Família, o ministro ressaltou que apesar das críticas, “é um programa que se realiza em si mesmo e que garante o direito básico, o direito humano à alimentação a muitas famílias”. “E isso não é uma questão de filantropia. Quem dá o peixe e ensina a pescar compreende que uma coisa está ligada a outra”, enfatizou.

Em João Pessoa, o Planseq Bolsa Família irá capacitar beneficiários do programa para atuar no mercado de trabalho do turismo. Poderão participar homens e mulheres com mais de 18 anos e que tenham pelo menos a 4ª série do Ensino Fundamental Para se inscrever no programa, é necessário ir a uma agência do Sine ou a um Centro de Referência de Assistência Social (Cras). Os participantes das oficinas de gestores do Planseq irão atender, informar as famílias do Bolsa Família sobre o programa e também acompanhar e monitorar quem participar da qualificação.

Também participaram do lançamento da oficina do PlanSeQ Bolsa Família, o superintendente Regional do Trabalho e Emprego, Inácio Machado de Sousa Filho; a secretária de Desenvolvimento Humano da Paraíba, Edina Guedes Wanderley; o procurador chefe adjunto do Ministério Público do Trabalho, Eduardo Varandas; o deputados petistas Luiz Couto (federal) e Rodrigo Soares (estadual). Além deles, também estiveram presentes o secretário de Desenvolvimento Social (Sedes) de João Pessoa, Edmilson Soares, gestores do Bolsa Família e representantes da Diretoria de Assistência Social do município.