PlanMob João Pessoa - Plano Diretor de Mobilidade Urbana

Vice-prefeito inaugura Estação Digital no Instituto dos Cegos

Por - em 78

‘A luz do horizonte para aqueles que não podem ver’. A frase que compõe o hino do Instituto dos Cegos da Paraíba Adalgisa Cunha descreveu a conquista da primeira Estação Digital exclusiva para portadores de deficiências visuais, inaugurada na manhã desta quarta-feira (19). São 10 computadores que podem ser utilizados para o desenvolvimento de cursos de informática e acesso livre, todos eles adaptados e com o aplicativo Dos-Vox, um software que transforma em arquivos de som os textos exibidos nos sites que o usuário acessa.

O vice-prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, participou da solenidade acompanhado por alunos, professores e coordenadores do Instituto dos Cegos, localizado na Avenida Santa Catarina, no bairro dos Estados. Para ele, a Estação Digital para deficientes visuais é uma conquista da sociedade, mas também aponta o objetivo do Governo Municipal que é oferecer a multiplicidade das políticas públicas. “O acesso interativo diminui distâncias e é uma iniciativa extensiva às ações aplicadas pelo prefeito Ricardo Coutinho e que vem melhorando a qualidade de vida da população”, comemorou Luciano.

A iniciativa é da Prefeitura de João Pessoa, através de um convênio firmado com o Ministério das Comunicações. Com essa, já são 26 Estações Digitais espalhadas em diversos pontos da Capital. Segundo o secretário de Ciência e Tecnologia (Secitec), Paulo Badaró, esse foi o primeiro passo para a expansão do sistema Dos-Vox para as demais unidades. “A nossa meta é implantar o aplicativo, pelo menos, em um computador de cada Estação Digital em funcionamento, oferecendo mais acessibilidade e oportunidades para os portadores de deficiência visual”, adiantou Paulo.

Para a diretora do Instituto dos Cegos da Paraíba Adalgisa Cunha, Suzy Belarmino, o novo pólo da Estação Digital traz mais esperança na vida daqueles que superam a falta de visão, além disso, ela acrescentou que essa é uma data muito importante porque relembra os 200 anos de criação da escrita em Braile. “A Estação Digital significa esperança para todos nós. É política pública levada a sério e que mexe diretamente com a vida dos freqüentadores do instituto. Poderemos oferecer mais lazer e interatividade social”, disse Suzy.