Vídeo educativo alerta população sobre como prevenir e tratar varizes

Por - em 20

‘Prevenindo e tratando varizes’ é o título do DVD que será lançado nesta segunda-feira (18) pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) em parceria com a Prefeitura de João Pessoa, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O vídeo, que conta com a participação dos artistas Soia Lira e W. J. Solha, será exibido às 10h, na sala de reuniões da SMS, que irá receber 500 cópias do vídeo para campanhas educativas na rede de saúde do município.

De acordo com o médico angiologista e idealizador do vídeo, Rodolfo Athayde, um dos objetivos principais do material é informar a população sobre a prevenção e o tratamento das varizes, especialmente nos membros inferiores, apontando as causas e as conseqüências dessa enfermidade.

“Este vídeo é uma orientação à clientela, com informações sobre o acometimento das varizes e a idéia é que seja disponibilizado nos serviços de saúde, para ser apresentado nas salas de espera, antecipando a informação antes da consulta médica” – explica Rodolfo Athayde.

O material foi produzido pelo Laboratório de Desenvolvimento de Material Instrucional do Pólo Multimídia da UFPB, recebendo da Prefeitura Municipal de João Pessoa um apoio com a finalização da capa do DVD.

Sobre a doença – As varizes são alterações venosas do organismo que se apresentam em forma de veias superficiais anormais, dilatadas, cilíndricas ou saculares, tortuosas e alongadas. Tem maior incidência no sexo feminino e as queixas clínicas mais comuns são queimações ou cansaço, pernas pesadas e edema das pernas.

Em Botucatu, foi realizado um estudo epidemiológico sobre alterações venosas dos membros inferiores num universo populacional de mesmo nível sócio-econômico, que estima que 35,5% da população apresenta varizes e 1,5% possui insuficiência venosa crônica, considerado um estágio mais agravante da doença.

A melhor forma de prevenir as varizes é combater o sedentarismo e praticar alguma atividade física ao menos três vezes por semana, facilitando a circulação sanguínea. Deve-se também evitar ganho exacerbado de peso e manter uma dieta rica em fibras para evitar constipação intestinal e usar meias elásticas, que ajudam na circulação.