Vídeo paraibano é selecionado para Festival de Cinema no MT

Por - em 124

O documentário ‘Coragem Mulher’, das jornalistas Mislene Santos e Christine Ferreira, foi selecionado para o IV Festival de Cinema Feminino Tudo Sobre Mulheres, que acontece de 10 a 14 de dezembro, na Chapada do Guimarães-MT. O vídeo foi lançado no último dia 7de outubro, no Teatro Santa Roza, em João Pessoa.

‘Coragem Mulher’ participou de uma pré-seleção, que incluiu trabalhos de todo o país,na qual foram selecionados para mostra competitiva apenas cinco documentários. Concorrerão nesta categoria: ‘Eu Sou Homem’, ‘Memórias Clandestinas’, ‘Emoções em Paquetá’, ‘Povo Marcado’ e ‘Coragem Mulher’.

O documentário começa a trilhar os caminhos dos festivais de vídeo do calendário brasileiro. Na última sexta-feira, ‘Coragem Mulher’ recebeu o prêmio de melhor edição no III Jampa Vídeo Festival, que aconteceu no Sesc-JP. “É muito gratificante ver um trabalho sendo divulgado e premiado. Estou feliz com o prêmio de melhor edição e também com essa seleção para o ‘Tudo Sobre Mulheres’. O documentário passou por uma triagem com produções de todo o Brasil para estar no Festival de Cinema. Para mim está entre os cinco documentários selecionados já é uma grande vitória”, destacou a diretora do documentário Mislene Santos.

Mislene Santos já participou do ‘Festival de Cinema Tudo Sobre Mulheres’ no ano de 2006 e conquistou o prêmio de Melhor Produção Nordestina, com o documentário ‘Uma Flor na Várzea’, vídeo sobre a sindicalista Margarida Maria Alves, feito em pareceria com Matheus Andrade.

Violência doméstica – Para Christine Ferreira, casos de violência doméstica, infelizmente, fazem parte do noticiário diário. “Coragem Mulher é mais uma voz, mais um instrumento no combate a este tipo de violência. Esperamos que o retorno deste trabalho venha, tanto na forma de reconhecimento pela sua qualidade, como também pela absorção de sua mensagem. E que seu resultado seja mais mulheres buscando seus direitos”, disse.

‘Coragem Mulher’ narra, durante 20 minutos, os dramas de mulheres que sofreram durante anos com a violência doméstica, sendo agredidas, torturadas, estupradas e que, por muito pouco, não perderam a vida, mas que levarão para o resto de suas vidas as marcas físicas e psicológicas da violência.

O documentário traz o ‘Caso Rosângela’, como ficou conhecida a história da funcionária pública Rosângela Silva, que foi presa depois de ter sido torturada pelo seu companheiro, um cabo da Policia Militar, durante cinco horas dentro de um carro. Weruska Medeiros também está presente no ‘Coragem Mulher’ e conta como se sente dois anos depois que seu ex-companheiro ateou fogo em seu corpo. Após seis horas de muita violência física, psicologia e sexual uma das entrevistadas narra que foi salva da morte pelo choro do seu filho. O vídeo ainda conta a história de ‘Vó’, 78 anos, acusada de ser mandante do assassinato do seu companheiro. Ela está presa, mas jura inocência. Gorete Guedes e Elisângela Guedes, mãe e filha, tiveram um só destino: foram presas por terem assassinado o chefe da família.

O documentário conta, ainda, com os depoimentos de representantes dos principais órgãos que trabalham em defesa das mulheres, a exemplo da ONG Centro da Mulher 8 de Março, do Centro de Referência da Mulher e da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres (CPPM), órgão da Prefeitura de João Pessoa.

Sinopse – Segundo a organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 15 segundos uma mulher é agredida no Brasil. Para dar mais segurança às mulheres, em agosto de 2006 foi criada a Lei Maria da Penha. Após a criação da Lei, aumentaram as denúncias, mas ainda não cessaram as agressões. Quem passou pela violência doméstica, traz marcas físicas e psicológicas que o tempo não apaga. Como se sentem essas mulheres? Onde estão os autores das agressões? Como são tratadas as mulheres que reagiram aos seus agressores? Estes questionamentos constroem a narrativa de ‘Coragem Mulher’, que expõe e repercute o drama de quem viveu a violência doméstica.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Direção: Mislene Santos
Produção e Pesquisa: Mislene Santos e Christine Ferreira
Roteiro: Mislene Santos e Christine Ferreira
Edição: Mislene Santos e Christine Ferreira
Finalização: Neto Oliveira e André Canibas
Animação: Neto Oliveira
Câmeras: José de Arimatéia, Flodoaldo Lisboa, Matheus Andrade e Sebáh Possidônio.

Contatos: Mislene Santos: 88016500 (mislenemsantos@yahoo.com.br ou mislenemsantos@gmail.com) e Christine Ferreira: 88144415