Vídeo sobre varizes será distribuído nos serviços de saúde de João Pessoa

Por - em 23

A prevenção e o tratamento das varizes serão apresentados à população nos serviços de saúde municipal, através de um vídeo que foi lançado na última segunda-feira (18), na sala de reuniões da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O projeto, que envolveu uma parceria entre Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Prefeitura de João Pessoa, servirá como mais um instrumento educativo às pessoas que são acometidas pela doença ou que queiram prevenir o aparecimento, especialmente nos membros inferiores.

A secretária municipal de Saúde, Roseana Meira, parabenizou o trabalho realizado pela equipe da UFPB no que diz respeito à disseminação de informações tanto aos profissionais, quanto aos usuários sobre as alterações venosas do organismo. Ela enfatizou o problema das seqüelas que a doença pode causar, especialmente no caso dos diabéticos, que muitas vezes geram a amputação de membros inferiores quando apresentam úlceras varicozas que não cicatrizam.

Parceria – Já o médico angiologista e idealizador do vídeo, Rodolfo Athaíde, fez uma retrospectiva para a platéia de todo o trabalho realizado pela equipe da UFPB, através Pólo Multimídia, além da participação dos atores W. J. Solha e Soia Lira e o apoio final da Prefeitura Municipal de João Pessoa.

“Esse vídeo se dá, primeiramente, em respeito às pessoas. Dentro da minha vivência ambulatorial na UFPB, observei a necessidade de um material informativo sobre as varizes. A partir daí, fomos atrás de realizar este vídeo, que contou com apoio dos estudantes, dos atores e da Prefeitura” , revela Rodolfo Athaíde.

O médico também salientou a adoção de hábitos saudáveis e a utilização das meias de compressão como mecanismos mais eficientes de controle e prevenção das varizes, muito mais do que a utilização de medicamentos.

Sobre a doença – As varizes são alterações venosas do organismo que se apresentam em forma de veias superficiais anormais, dilatadas, cilíndricas ou saculares, tortuosas e alongadas. Tem maior incidência no sexo feminino e as queixas clínicas mais comuns são queimações ou cansaço, pernas pesadas e edema das pernas.

A melhor forma de prevenir as varizes é combater o sedentarismo e praticar alguma atividade física pelo menos três vezes por semana, facilitando a circulação sanguínea. Deve-se também evitar ganho exacerbado de peso e manter uma dieta rica em fibras para evitar constipação intestinal e usar meias elásticas, que ajudam na circulação.