Viveiro municipal disponibiliza mudas de árvores para população

Por - em 226

Inaugurado em 2006 pela Prefeitura da Capital, através da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), e funcionando em parceria com a Federação do Comércio, o Viveiro Municipal de Plantas Nativas da Mata Atlântica produz anualmente cerca de 60 mil mudas, que são destinadas à arborização urbana e recuperação de áreas verdes degradadas. Praças, avenidas, canteiros e demais logradouros públicos recebem as espécies cultivadas no local.

Quem desejar uma muda de árvore ou quiser obter orientações sobre a espécie correta para o plantio em determinada área deve ir até o local ou ligar para 3237-5701 e agendar visita durante o período da manhã. Além da planta, também é disponibilizada a Cartilha de Arborização Urbana, onde são dadas orientações de como plantar corretamente.

Segundo o chefe da Divisão de Botânica da Semam, o engenheiro agrônomo Anderson Fontes, no Viveiro Municipal são distribuídas em torno de 15 mil mudas anualmente. “Nós distribuímos não só para a população de João Pessoa, mas para outras prefeituras do Estado, que copiam nosso modelo da arborização. Nós produzimos, plantamos e doamos. Com a Cartilha de Arborização Urbana, também conseguimos mostrar como se deve plantar corretamente e cuidar da arborização da cidade. Hoje esse modelo está sendo seguido até fora do Estado. Só no ano passado doamos mil mudas para Recife”, revelou.

Na Capital quem mais procura as mudas do Viveiro Municipal, segundo a Semam, são os moradores de bairros mais antigos. “Bancários e Mangabeira procuram menos. Os que procuram mais são moradores do Miramar, Jaguaribe, Torre e Bairro dos Estados. Por esse motivo estamos concentrando o plantio, com nossa equipe, em calçadas, em bairros como Valentina, Mangabeira, Bancários e Bessa”, afirmou o chefe da Divisão de Botânica da Semam.

Espécies – O Viveiro Municipal, localizado no Sesc-Gravatá, no bairro Valentina de Figueiredo, ocupa uma área de cerca de 1.200 metros quadrados, onde treze funcionários se revezam na coleta de sementes, plantio, rega e produção de adubo orgânico.
Entre as 114 espécies existentes no local, todas originárias da Mata Atlântica, algumas apresentam floração de grande beleza, como é o caso dos ipês-roxo, amarelo e o branco, este mais raro, mas não menos utilizado nos plantios efetuados pela Semam, através o programa ‘João Pessoa Verde para o Mundo’.
Outras espécies ornamentais que podem ser encontradas no Viveiro são a aroeira-da-praia; perobinha; pata-de-vaca; jacarandá; pau-cinza; pau-lacre; pau-brasil; acássia-chuva-de-ouro; caliandra; oitizeiro; trapiá; freijó; carolina e jatobá.