Wanderléa e Mamma Jazz são atrações desta sexta na Festa das Neves

Por - em 111

A cidade de João Pessoa vai receber a eterna “ternurinha” nesta sexta-feira (3), durante a comemoração da Festa das Neves. O show da cantora Wanderléa acontece, a partir das 21h, no Ponto de Cem Réis. A banda paraibana Mamma Jazz é quem abre o espetáculo com todas as peculiaridades e a mistura africana e nordestina de ritmos que agradam ao público. No mesmo dia, haverá show de cultura popular às 12h, na Praça Rio Branco e às 18h, também no Ponto de Cem Réis.

A cantora Wanderléa é uma das mais populares do Brasil e o show promete ser repleto dos maiores sucessos da época Jovem Guarda como “Pare o casamento” e “Foi Assim”. Na apresentação também terão músicas que fazem parte de sua eclética carreira e que estão presentes no último trabalho lançado pela intérprete, “Nova Estação”, em que aposta nas músicas de ícones como Jackson do Pandeiro, Arnaldo Antunes, Chico Buarque e Geraldo Azevedo.

A rainha da Jovem Guarda, como é mais conhecida, também aposta na versatilidade, tanto que o último CD foi premiado como o melhor da música popular pela Associação Paulista de Críticos de Arte. Seu acervo de sucessos musicais é enorme e seu show é sempre imperdível, cheio de força e emoção.

Mistura de ritmos – Para completar a noite de sucessos, o grupo Mamma Jazz apresenta um espetáculo formado pela mistura de cores e estampas, originadas das indumentárias tipicamente africana e nordestina e pelo caráter universal do som que integra elementos de diferentes culturas. O repertório é recheado de acordes jazzísticos e uma variada performance de tambores.

As congas e o bongô unem-se à alfaia, o agogô ao balafon, e credenciam a musicalidade do grupo, que vai do samba ao maracatu, do bolero à rumba, penetrando na essência de um caboclinho e um boi de matraca. O zabumba, os apitos e o pau-de-chuva refletem os ecos da floresta, fazendo referência às tribos indígenas da terra Brasil e uma ciranda cria o elo entre o litoral paraibano e a mama África.

Wanderléa – A intérprete é mineira, de Governador Valadares, local onde começou a cantar em programas de rádio, interpretando o mais elaborado repertório e se formando na companhia dos principais músicos da época. Seu primeiro álbum, Wanderléa (CBS), saiu em 1963 e junto com o Rei Roberto Carlos e Erasmo, se tornou a Rainha da Jovem Guarda, o maior movimento de massa que já aconteceu no país.

Trabalhou com Egberto Gismonte, gravou com Gonzaguinha, Jorge Mautner, Gil, Caetano, Luis Melodia, Walter Franco, Raul Seixas e outros tantos consagrados nomes da nossa música popular brasileira.

Mamma Jazz – Com algumas músicas cantadas em crioulo, um dialeto africano, o Mama Jazz lançou em 2010 um CD que agregou uma coletânia dos mais de dez anos de carreira do grupo. O álbum foi patrocinado pelo Fundo Municipal de Cultura (FMC), conduzido pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope). Um dos fundadores do Mamma Jazz, o vocalista e guitarrista Guilherme Semmedo, nasceu em Guiné Bissau, mas se radicou na Paraíba há cerca de 20 anos.

O repertório do Mama representa um estudo variante na pesquisa do jazz de raiz, que teve origem na África e se estendeu pelo Caribe e pelo mundo, simbolizando a liberdade na criação musical e enfatizando o nordeste brasileiro e a Paraíba como pólos culturais.

Cultura Popular – No Ponto de Cem Réis, foi instalado um palco para os shows das atrações locais e nacionais, a partir das 21h. Na mesma praça, porém do lado da Rua Duque de Caxias, ficará um tablado. No local, por volta das 18h, começam a se apresentar os grupos da cultura popular, durante a segunda edição do projeto ‘Brincantes Brasileiros na Paraíba’.

Além dos shows do Ponto de Cem Réis, uma das novidades para a versão 2012 da Festa das Neves é a criação de um espaço alternativo, na Praça Rio Branco. O local, chamado de “Bagaceira”, resgata uma tradição na festa. Nele ficarão barracas de comidas típicas nordestinas e de bebidas. Assim, as pessoas poderão curtir uma programação musical que inclui cultura popular e diferentes estilos, com atrações em dois horários, ao meio-dia e após as 19h30.