Wando e Piancó encerram o projeto Seis e Meia de maio

Por - em 38

Uma noite com muito humor e romantismo. Assim deverá ser a última edição do Projeto Seis e Meia do mês de maio, nesta quarta-feira (20), quando se apresentam na Praça de Eventos do MAG Shopping o cantor mineiro Wando, considerado o rei do estilo brega romântico, e o humorista paraibano Piancó, um dos mais criativos e irreverentes do Estado.

O Projeto Seis e Meia é promovido pela Prefeitura de João Pessoa e pela Accorde Produções e recebe o apoio cultural do MAG Shopping, Ambassador Flat e restaurantes Vila Cariri, Peixe Elétrico e Cia do Chopp. As apresentações acontecem às 18h30 na Praça de Eventos e MAG e os ingressos custam R$ 20,00 e R$ 10,00. Informações 9134-7610.

Estilo Inconfundível – Wanderley Alves dos Reis, o Wando, nasceu no dia 02 de outubro na pequena cidade de Cajuri, interior de Minas Gerais. Ainda criança foi morar em Juiz de Fora, mudando-se mais tarde para Volta Redonda, estado do Rio de Janeiro. Na cidade trabalhou como motorista de caminhão e feirante, ao mesmo tempo em que começou a cantar e tocar violão. Passou a se apresentar em bailes, participando de alguns grupos musicais da região.

Com muita perseverança e determinação, em 1973 conseguiu que Jair Rodrigues cantasse duas de suas composições: “Se Deus Quiser” e “O Importante é Ser Fevereiro”. No mesmo ano gravou seu primeiro compacto, com a canção “Maria, Mariá”, e, logo após, seu primeiro disco, ‘Glória Deus No Céu e Samba na Terra’. Era o começo da sensacional trilha de sucesso do cantor.

Mas foi 1974 o ano da consagração nacional de Wando, quando lançou seu segundo álbum, ‘Moça’, disco que, com o sucesso fenomenal da canção-título, bateu a marca 1,2 milhão de cópias vendidas. Investindo no romantismo, o artista continuou a lançar mais e mais trabalhos de sucesso e a realizar diversos shows pelas principais capitais e cidades do interior do País.

Com 36 anos de carreira e tendo passado por várias gravadoras, Wando coleciona 19 discos de ouro, sete de platina (sendo quatro de platina duplo) e dois discos de diamante (mais de 10 milhões de copias vendidas).

Wando costuma dizer que não é e nem nunca será o último dos românticos, mas que nutre de romance e fantasia os sonhos dos brasileiros com suas músicas e estilo inconfundível, e são essas canções que ele vai cantar nesta quarta-feira, para o fiel público do Seis Meia.

Irreverência – Marcelo Piancó é paraibano da cidade de Piancó, como seu nome artístico denuncia. Ele chegou em João Pessoa em 1981 para concluir os estudos. Desde criança o humor estava presente em todas as suas atividades, mas só veio atuar profissionalmente em 1989, quando produziu o seu primeiro show no Teatro Santa Roza, um marco na sua carreira e um divisor de águas para humor paraibano.

Piancó sempre se destacou pelo seu humor versátil, presente nas suas estórias, músicas e paródias. Ele tem uma visão bem peculiar da situação política nacional e local, esse tema é sempre explorado por ele. Hoje Piancó é um nome de destaque no cenário nacional do humor, participando de programas como o ‘Show do Tom’ na Rede Record.

São 20 anos de carreira que comprovam o seu carisma, sempre lotando teatros e casas de shows da Paraíba, do Nordeste e do Brasil. Piancó tem um CD lançado e já participou de vários festivais de música, sempre se destacando pela irreverência. Hoje no Blog do Piancó (www.piancohumordaparaiba.blogspot.com) ele destila toda a sua irreverência, inovando e recriando o seu humor.