Xadrez Escolar inicia atividades 2012 na rede municipal de ensino

Por - em 46

O Projeto Xadrez Escolar, desenvolvido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) na rede municipal de ensino, iniciou suas atividades em sala de aula para os estudantes do Fundamental I e no contra-turno para o Fundamental II, com a atuação de uma equipe composta por coordenadores, professores e monitores.

Das 95 unidades escolares existentes, 88 já estão sendo beneficiadas com o projeto. Além da normalidade das aulas, durante o ano o Xadrez Escolar vai promover eventos, competições internas e externas, além de seletivas para a classificação das Olimpíadas Escolares Brasileiras, que acontece em agosto, na cidade de Poços de Caldas, Minas Gerais.

Ainda neste primeiro semestre, vai ser realizado o I Aberto Escolar Cidade de João Pessoa. O novo torneio é uma parceria da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec) e da Secretaria de Esporte, Juventude e Recreação (Sejer), com a participação de 300 estudantes enxadristas da rede municipal e 100 de escolas estaduais e particulares.

O coordenador geral do projeto, Francisco Cavalcanti, explicou que o foco é desenvolver o aprendizado do alunado através da competição. Na opinião dele, o evento demonstra o grande avanço da educação do município na área pedagógica, pois o xadrez trabalha o exercício da inteligência lógica, matemática, além de atingir um grande desenvolvimento nas disciplinas curriculares.

Em 2011, o Xadrez Escolar teve uma excelente atuação nas seletivas municipais e estaduais, quando saíram vencedores, no masculino e feminino 12 a 14 anos, os estudantes, Luíz Tomaz, da Escola Municipal Leônidas Santiago, no Cristo, e Lilian Rodrigues, da Escola Municipal Padre Pedro Serrão, no Rangel. A dupla representou a Paraíba nas Olimpíadas Escolares Brasileiras, que foi realizada na Estação Cabo Branco.

Xadrez Escolar – O Projeto apresenta resultados positivos junto aos alunos desde a sua criação, como o êxito em concursos públicos e em competições escolares e federativas. A experiência com o xadrez nas salas de aula tem oportunizado o crescimento intelectual dos alunos, bem como o exercício da ética, elemento importante para este esporte.