Zeca Baleiro e Totonho animam segunda noite de shows da Festa das Neves

Por - em 80

Com um repertório musical que é um verdadeiro caldeirão de ritmos – do folclore ao samba, incluindo baião e elementos do rock –, com letras cheias de poesia e humor, o maranhense Zeca Baleiro animou a noite dessa quinta-feira (2) na Festa das Neves, no Ponto de Cem Réis. Durante todo o show, que durou 1h25, o público cantou os sucessos consagrados de um dos cantores mais criativos do Brasil. Antes, às 21h, o paraibano de Monteiro, Totonho, subiu ao palco e fez todo mundo vibrar com canções que misturam ritmos e sonoridades.

Como já era previsto, o Ponto de Cem Réis ficou lotado. Moradores da Capital e pessoas de outros municípios do Estado dividiam espaço para assistir a um show exclusivamente preparado para o aniversário de 427 anos de João Pessoa. “Vou apresentar um pouco do novo disco, mas, por se tratar de uma data tão especial, vamos mostrar canções que nos trazem a energia que é tão peculiar aqui”, revelou, momento antes de dar início ao show.

O cantor caminhou por canções de seu mais recente trabalho, intitulado “O disco do ano”, mas também deliciou o público com interpretações calorosas e agitadas das músicas “Quase nada”, “Salão de beleza”, “Babylon”, “Telegrama” e “Disritmia”. Entre os fãs, uma em especial foi ao delírio quando Zeca Baleiro se referiu a ela antes de começar a cantar “Enock”. “Ele se lembrou de mim, de minhas postagens no Facebook. Quando comentou, foi um êxtase! Acompanho sempre a carreira dele e não perderia nunca a oportunidade de estar aqui”, contou a estudante Daniela Matias, 22 anos, que mora em Campina Grande.

A designer de moda Patrícia Luna, 27 anos, relembrou momentos de sua infância na segunda noite da Festa das Neves. “A participação no aniversário de João Pessoa fez parte de toda a minha infância. Hoje, sinto orgulho de estar aqui novamente e sentir o cheiro das comidas que são típicas da festa. Voltarei neste domingo para passear com minha família”, garantiu.

Com um boné verde e camisa sobreposta vermelha, Zeca se divertiu durante todo o show. No final do show, começou a cair uma chuva fina, esfriando o clima da Capital, mas Zeca ainda presenteou o público quando convidou Totonho para cantar “Você tá doida pra me dar”. A dupla foi acompanhada pelo público até o final da apresentação.

Palco principal – As apresentações no palco principal tiveram início às 21h, com a apresentação do cantor Totonho, que se disse muito feliz por se apresentar mais uma vez na tradicional Festa das Neves. “Ver a Praça cheia e o público jovem participando é muito bom, garante um show quente e animado”, comentou.

E foi exatamente isto o que se sentiu durante sua apresentação, que durou pouco mais de uma hora. Unindo rock, funk, carimbó, embolada, tecnobrega, black music e ciranda eletrônica, ele esquentou o clima e fez muita gente cantar as músicas “Venha salvar o mundo”, “Rainha” e “Tudo pra ser feliz”.

Cultura popular – A partir das 18h, também se apresentaram grupos de cultura popular, no tablado montado para o projeto Brincantes Brasileiros na Paraíba. Participaram bandas de pífano e de coco de roda. As apresentações acontecem no Ponto de Cem Réis e seguem até domingo, com a participação de grupos de cultura popular de cidades da Paraíba e de estados vizinhos.