Capacitação

Gestores do Hospital do Valentina realizam 1º Workshop de Líderes

18/01/2022 | 14:00 | 432

O Hospital Municipal Valentina (HMV) iniciou, nesta terça-feira (18), o 1º Workshop de Líderes, com o objetivo de levantar indicadores e traçar metas para desenvolver melhorias na assistência prestada aos usuários. A atividade segue até esta quarta-feira (19) com a participação de gestores dos diversos setores da unidade hospitalar.

De acordo com a diretora geral do HMV, Tânia Menezes, que assumiu o comando do hospital há duas semanas, o workshop possibilitará uma gestão mais focada em melhorias não só para o atendimento aos pacientes, mas também para o trabalho dos profissionais da unidade. “Para isso, é preciso que a gente entenda os processos de cada coordenação e fortaleça o trabalho em equipe, de forma integrada, todos de mãos dadas”, afirmou.

Durante a atividade, os coordenadores estão apresentando o funcionamento e as necessidades de seus setores de trabalho, levantando indicadores para que seja possível traçar metas a serem desenvolvidas durante o ano de 2022. “Estamos alinhando o nosso planejamento para o ano que está começando e as equipes estão dialogando sobre suas práticas e trabalhando a integralidade do cuidado ao paciente”, destacou Soraia Patriota, diretora multiprofissional do HMV.

Uma das participantes do workshop é a coordenadora do Núcleo de Segurança do Paciente, Tarsila Vanelise, e para ela a comunicação é fundamental. “O intuito é dar uma assistência de qualidade às crianças e isso não depende apenas de um setor e sim do conjunto, para possibilitar uma alta segura ao paciente”, disse.

“Este momento está sendo muito importante para o amadurecimento da gestão e dos próprios líderes e fazer com que cada um enxergue o seu processo. Além de que envolve a interdisciplinaridade também, porque cada um vai conhecer o processo do outro e entender a necessidade de união dos setores”, concluiu Giuliana Gomes, diretora administrativa.

HMV – O Hospital do Valentina é referência na assistência pediátrica, recebendo também casos suspeitos de Covid-19 e contando com uma equipe multiprofissional para atender os pacientes. Ao todo, a unidade hospitalar possui 70 leitos e realiza uma média de cinco atendimentos mensalmente.