Conscientização

População recebe ação de educação ambiental em Tambaú e Cabo Branco no programa ‘Amigos da Praia’

22/01/2022 | 12:30 | 267

A população que frequentou as praias de Tambaú e Cabo Branco, neste sábado (22), recebeu orientações sobre educação ambiental para o correto descarte de resíduos. A ação é parte do Programa ‘Amigos da Praia’, que também inclui o ordenamento do passeio público, na orla da Capital, e a distribuição de mudas de árvores nativas. A programação também ocorrerá neste domingo (23), às 9h, com a concentração no Busto de Tamandaré.

Josinaldo Vieira, de Patos, passou a manhã na praia de Tambaú com a esposa Orineide e os dois filhos. Para ele, a limpeza estava impecável. “Ontem à noite eu estava aqui também e não encontrei nada sujo na faixa de areia. É muito importante a limpeza que a Emlur faz e essas ações educativas”, cavaliou. Josinaldo levou lanches para as crianças e afirmou que tinha sacolas para guardar tudo o que consumir. “Depois eu jogo tudo na lixeira”, garantiu.

O programa ‘Amigos da Praia’ é realizado em parceria pela Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) e as secretarias de Meio Ambiente (Semam) e de Desenvolvimento Urbano (Sedurb). A programação será executada até o mês de fevereiro, nas praias de Manaíra, Bessa, Penha, Seixas, Praia do Sol e Barra de Gramame.

Para o superintendente executivo da Emlur, Igo Morais, a ação de conscientização ambiental é necessária, sobretudo no verão, quando há o aumento do fluxo de pessoas nas praias. “Nossa orientação é para todas as pessoas que frequentam a orla, incluindo os comerciantes e trabalhadores dos estabelecimentos. Todos devem fazer o descarte correto dos resíduos nas lixeiras, papeleiras e contentores dispostos na orla. Neste último caso, é preciso acondicionar os resíduos em sacolas para evitar que eles se espalhem, o que pode gerar mau cheiro”, afirmou.

Ao som de música – O grupo de percussão da Emlur, Baticumlata, que utiliza como instrumentos materiais reaproveitados, animou as pessoas em meio ao trabalho educativo. Foram apresentadas canções que enfatizam a proteção ambiental.

O turista de Santa Catarina, Beraldo Maia, parou para escutar o grupo e também elogiou a limpeza da orla de João Pessoa. “Eu já morei em sete capitais e conheço diversas cidades, mas, poucas têm uma orla tão limpa e organizada como João Pessoa. Sempre venho aqui com minha esposa, para esta terra de gente tão acolhedora”, pontuou o visitante.

Meio Ambiente – O assessor da Semam, Paulo Maia, enfatizou a necessidade de conscientização da população sobre os cuidados ao meio ambiente. “Montamos a Tenda Verde e entregamos mudas de árvores nativas para as pessoas, que receberam orientações sobre como fazer o plantio. Além disso, também fizemos o plantio de cinco mudas de coqueiros ao redor do Busto de Tamandaré”, comentou.

A equipe da Semam ainda ofereceu um café da manhã com frutas a quem se aproximava para receber as orientações sobre a preservação ambiental. Também apoiaram o programa ‘Amigos da Praia’ o Centro de Estudos e Práticas Ambientais (Cepam), a Capitania dos Portos e o Grupo Escoteiro Evangélico Leão da Tribo de Judá.

Outra questão integrante do ‘Amigos da Praia’ é o ordenamento do solo da orla. Para tanto, a Sedurb fiscaliza o disciplinamento do comércio informal para garantir o passeio público de pedestres na calçadinha e na areia das praias. O trabalho é de orientação e inclui também as obras nos bairros da orla para evitar que haja entulhos nas calçadas.

Com o aumento do número de frequentadores das praias, no verão, o horário de catação foi estendido, com a criação de uma nova turma para o turno da noite, contribuindo para a manutenção da limpeza na faixa de areia e da preservação ambiental.

Trabalho contínuo – Todos os dias, os agentes de limpeza da Emlur fazem a catação da faixa de areia, varrição da calçadinha e ciclofaixa e coleta dos resíduos domiciliares. Ainda são utilizadas duas varredeiras para fazer a limpeza da ciclofaixa e duas saneadoras na faixa de areia.