Arte e Cultura

‘Zezinho Contação’ leva alegria e histórias para as crianças dos Creis de João Pessoa

16/09/2021 | 09:00 | 712

As crianças dos Centros de Referência de Educação Infantil (Crei) da Rede Municipal de João Pessoa estão tendo uma experiência diferente nesta volta às aulas presenciais por meio do projeto ‘Zezinho Contação’, que está beneficiando cerca de 15 mil alunos. Por meio dessa atividade, as crianças conseguem compreender e identificar suas vivências com as histórias contadas pelo personagem.

O projeto Zezinho Contação é uma iniciativa da Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec-JP), por meio do Departamento de Educação Infantil (DEI) e estará visitando os Creis ao longo deste mês. Nesta quarta-feira (15), a atividade aconteceu no Crei Josiara Telino de Lacerda, no bairro de Mangabeira VII, e no Crei Márcia Suênia Madruga Alves da Silva, em Mangabeira VIII. Já sexta-feira (17), a apresentação será no Crei Karina Zagel de Mendonça, das 15h às 16h, também no bairro de Mangabeira.

Ao ouvir uma história, as crianças associam tudo que é narrado com as próprias vivências. Esse processo de identificação colabora para que eles encontrem recursos para lidar com situações, conflitos e emoções.

“A contação de histórias também é um importante meio de resgatar as memórias afetivas. A articulação entre corpo, voz e recursos cênicos possibilita o alargamento do imaginário e dos sentidos. Vale lembrar que é uma prática interativa, isto é, exige a participação ativa das crianças na construção das narrativas”, explicou a coordenadora do DEI, professora doutora Maria Solany Machado de Lima.

“Inicialmente estamos atendendo essas unidades de ensino da região da sul. Estaremos levando história e diversão para a criançada sempre nas segundas, quartas e sextas-feiras. Estamos muito felizes em poder retornar nossas atividades e fazer a criançada feliz”, disse explicou o idealizador do projeto, Carlos Souza.

Idealizadores do projeto – Carlos Souza é arte-educador, ator e contador de histórias desde 2008 na Estação Cabo Branco, Ciência, Cultura e Artes.

Wellandro Duarte também é arte-educador, ator e com licenciatura plena em História. Ele é o responsável pela manipulação do boneco Zezinho.

Zezinho – o nome surgiu de um apelido carinhoso do nome do idealizador do projeto, José Carlos, chamado de Zé ou Zezinho pelas pessoas.