Saúde

  • Reformas e melhorias na Rede hospitalar municipal somam mais de R$ 10 milhões em investimentos
  • O aumento no número de leitos, mais cirurgias eletivas sendo realizadas e serviços que antes não eram oferecidos em unidades públicas. Desde 2005, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), investiu mais de R$ 10 milhões na reforma, ampliação e aquisição de equipamentos para a rede hospitalar do município. Através de recursos próprios e federais, a PMJP reafirma o compromisso da Secretaria de Saúde do Município com o bem-estar da população.
  • Desde 2005 foram reformados e ampliados o Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio Burity, o Hospital Municipal Santa Isabel, além do Hospital do Valentina e o Instituto Cândida Vargas (IVC). Essas unidades passaram por ampliação e reestruturação de sua parte física; receberam novos equipamentos; ampliaram o quadro de profissionais; humanizaram o atendimento ao paciente; expandiram a quantidade de procedimentos realizados e conseguiram dessa forma, mudar o quadro da saúde pública na Capital.

Hospital Municipal Santa Isabel (HMSI)

Quatrocentas cirurgias eletivas por mês. Esta é a capacidade que o Hospital Municipal Santa Isabel (HMSI) tem desde que reformou, ampliou e aprimorou suas instalações e equipamentos, num investimento de quase R$ 3 milhões. Desde que mudou o perfil de atendimento, passando de urgências e emergências para cirurgias eletivas, melhorou-se a qualidade do atendimento ao usuário e as condições de trabalho dos profissionais de saúde;

Outra inovação foi a instalação de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com 10 leitos. Além da quantidade de leitos, a Secretaria de Saúde do Município investiu na qualidade e na modernidade desta UTI, com espaço humanizado, sala de acolhimento, psicólogo de plantão para dar apoio aos familiares dos pacientes internados, além da própria estrutura de funcionamento, com a ilha de enfermagem no centro da Unidade, otimizando e agilizando o atendimento aos pacientes;

Integrando a ala cirúrgica, o hospital possuiu um laboratório especializado, que realiza todos os exames necessários para o preparo cirúrgico do paciente. Em 2009, foram realizados cerca de 30 mil exames de pré e pós-operatório. O HMSI tem ainda 40 leitos, além dos 10 reservados para a UTI e equipe de cardiologia, que analisa o risco cirúrgico de cada procedimento a ser realizado. Além disso, a equipe é multiprofissional formada por cirurgiões gerais, especialistas em cabeça e pescoço, ginecologistas, urologistas, anestesistas, intensivistas, cardiologistas, clínicos gerais, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, farmacêuticos, bioquímicos, nutricionistas e fisioterapeutas;

Em 2009, foram realizados no Hospital Municipal Santa Isabel, cerca de 10 mil consultas e mil e quinhentas cirurgias. Desde o final do ano passado, o HMSI realiza também cirurgias de vasectomia. A unidade hospital tem condições de fazer até 30 cirurgias de vasectomia por mês. Entre os desafios para 2010, estão a implantação do Serviço de Diagnóstico por Imagem através de Ressonância Magnética Computadorizada e a efetivação de um serviço de Urgência em Cardiologia, para suprir a grande necessidade dentro do Sistema de Atenção Terciária em nosso Estado.

Hospital do Valentina

Desde fevereiro de 2010, o Hospital do Valentina disponibiliza leitos pediátricos. Foram construídas mais 10 enfermarias, laboratório, ambulatório e bloco cirúrgico, reforma em toda estrutura física do prédio, incluindo climatização. Foram adquiridos equipamentos de raios-X, aparelhos de ultrassonografia e laparoscopia, além do aumento no quadro de funcionários e equipe médica, e a compra de uma ambulância, tudo realizado com recursos federais e municipais. Um investimento da ordem de R$ 2 milhões. Atualmente realiza 300 consultas por dia.

Ortotrauma de Mangabeira

O Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio Burity (Ortotrauma) registra mais de 12 mil atendimentos, 200 cirurgias e mais de 4 mil exames por mês. O hospital, que tem um perfil de assistência de urgência, emergência clínica e cirúrgica, pediátrica, psiquiátrica e traumatológica, funciona com 123 leitos, sendo oito na UTI adulta e seis em salas de cirurgia. Foram mais de R$ 4,5 milhões em investimentos desde 2005. Atua com um moderno Centro de Diagnóstico por Imagem, que conta com um Tomógrafo Multíslice 16 cortes, equipamento que possibilita a realização de até mil exames mensais e atende a todas as especialidades médicas no diagnóstico de doenças de alta complexidade. A Prefeitura de João Pessoa investiu R$ 1.190.000,00 na compra do aparelho que por enquanto, atende apenas a demanda interna. O Centro de Diagnóstico por Imagem do Ortotrauma tem ainda aparelhos de Raios X móveis, de Raio e fixos, de ultrassonografia e arcos cirúrgicos. São pelo menos 12 mil atendimentos de porta aberta (urgência); 450 internações clínicas ou cirúrgicas e 200 cirurgias realizadas por mês. Das cirurgias realizadas, 49% são de pacientes de outras cidades do Estado e até de outros estados do país. O complexo hospitalar é formado por quatro blocos: o Centro de Ortotraumatologia, com três salas de cirurgias e serviços de ortopedia; o Hospital Humberto da Nóbrega, com internação e ambulatório; Pronto Atendimento Psiquiátrico e a Unidade Santa Maria.

Instituto Cândida Vargas (IVC)

Desde março de 2010, o Instituto Cândida Vargas (IVC) conta com novo bloco cirúrgico; reforma da UTI Neonatal que aperfeiçoa o atendimento aos partos considerados de risco. São quase R$ 2 milhões em investimentos. Considerado pelo UNICEF como “Hospital Amigo da Criança”, o Cândida Vargas mantém o Banco de Leite Humano, que ajuda a alimentar bebês impossibilitados de serem amamentados pela própria mãe. O estoque de leite atual é resultado das campanhas de doação realizadas pelo Ministério da Saúde através da Secretaria de Saúde do Município O ICV mantém o projeto Mãe-Canguru, que aliado ao Banco de Leite, tem salvado a vida de milhares de bebês.

O Ambulatório do Instituto Cândida Vargas atende uma média de mil gestantes/mês, sendo que 97% realizam pré-natal de alto risco, encaminhadas da Unidade de Saúde da Família por apresentarem fatores de risco da própria paciente (cardiopatia, diabetes, pneumopatias ) ou da gravidez em curso (hipertensão arterial, sangramentos) ou ainda mau passado obstétrico (abortamentos, prematuridade). No ambulatório são oferecidos atendimentos psicológico, odontológico, nutricional e cardiológico, vacinação e ainda suporte educativo através de palestras e campanhas sobre temas de interesse: amamentação, planejamento familiar, prevenção de câncer e DSTs. A Coordenação de Pediatria do ICV atende atualmente, além dos bebês da rede municipal, pacientes de outras cidades e até mesmo de outros Estados. A UTI Pediátrica possui atualmente 12 leitos prontos para receber recém nascidos de alto risco. Atualmente são realizados cerca de 550 nascimentos por mês na unidade, sendo que 14% são bebês prematuros. No Instituo Cândida Vargas funciona também o Centro de Referência para Atendimento às Mulheres Vítimas de Violência Sexual e Doméstica (ICVio), oferecido pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP), e implantado em janeiro de 2006. Concursos Em 2007 foi realizado concurso Agente Comunitário de Saúde e Agente em Saúde Ambiental. Foram disponibilizadas 960 vagas. Todas preeenchidas. Em 2008 foi realizado concurso oferecendo 30 vagas ao cargo de médico anestesiologista e 35 vagas de médico ortopedista e traumatologista. Setenta e três profissionais foram classificados na prova objetiva, sendo 31 para as vagas da especialidade de anestesiologia e 42 para ortopedia.

Saúde Bucal

Centro de Especialidades Odontológicas (CEO)

Inaugurado em 2005, o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) atendeu em 2009 mais de quatro mil urgências e emergências odontológicas. Nos casos de especialidades na área, foram mais de 70 mil atendimentos, que variaram desde casos de Endodontia (tratamento de canal), Cirurgia Bucal, Diagnóstico Bucal, Odontopediatria, Atendimento a Pacientes Especiais, Radiologia Bucal, Prótese Dentária, Periodontia e Dentística (restaurações estéticas). O setor de urgência e emergência do CEO atende pacientes que necessitam de socorro imediato para solucionar problemas relativos à dores de dente, gengiva, e área da boca. O CEO fica localizado na rua General Osório, 280 (edifício ’18 Andares’), telefone 3218-9804, e sua unidade de Urgência funciona com plantões ininterruptos de 24 horas, durante todos os dias da semana, inclusive finais de semana e feriados.

Centros de Atenção Integral à Saúde (Cais):

Cais Cristo

2008

Especialidades Médicas 2,137 atendimentosAtenção Básica 10,049 atendimentosExames 5,765 atendimentosEspecialidades Odontológicas 481 atendimentosPronto Atendimento 4,584 atendimentos2009Especialidades Médicas 13,800 atendimentosAtenção Básica 47,050 atendimentosExames 15,802 atendimentos  Especialidades Odontológicas 8,293 atendimentosPronto Atendimento 12,378 atendimentos2010Especialidades Médicas 3,732 atendimentosAtenção Básica 10,671 atendimentosExames 4,380 atendimentosEspecialidades Odontológicas 2,038 atendimentosPronto Atendimento 2,825 atendimentosCais Mangabeira2005Especialidades Médicas 11,235 atendimentos2006Especialidades Médicas 18,327 atendimentos2007Especialidades Médicas 32,646 atendimentos2008Especialidades Médicas 23,156 atendimentosAtenção Básica 22,031 atendimentosEspecialidades Odontológicas 7,545 atendimentos

2009

Especialidades Médicas 27,057 atendimentosAtenção Básica 25,206 atendimentosEspecialidades Odontológicas 12,525 atendimentos

2010

Especialidades Médicas 8,308 atendimentosAtenção Básica 5,813 atendimentosEspecialidades Odontológicas 1,345 atendimentos