Acessibilidade

Com apoio da Prefeitura, projeto Acesso Cidadão retoma atividades na Praia do Cabo Branco

07/08/2021 | 14:30 | 524

A manhã ensolarada deste sábado (7) foi bastante especial na Praia do Cabo Branco, na Capital paraibana. Por lá, aconteceu a retomada do Acesso Cidadão, que promove banho de mar e atividades físicas adaptadas para pessoas com deficiência. O projeto – realizado pela Assessoria e Consultoria para Inclusão Social (ACSocial), com apoio da Prefeitura de João Pessoa – estava com as atividades suspensas desde março do ano passado, quando teve início a pandemia da Covid-19. A partir de agora, a ação voltará a acontecer todos os sábados, sempre das 8h30 ao meio-dia, nas imediações da Fundação Casa de José Américo.

O Acesso Cidadão tem como objetivo a inclusão social da pessoa com deficiência, fortalecendo os vínculos comunitários e familiares, com a oferta da assistência social, esporte, lazer e cultura. O retorno do projeto era bastante esperado por muita gente, como Rogério Silva. Há oito anos, ele foi baleado durante um assalto. O projétil lesionou a coluna, deixando-o paraplégico.

“Conheci o Acesso Cidadão há cinco anos, através de outros amigos cadeirantes. Sempre gostei de tomar banho de mar, mas devido às limitações motoras, isso acabou se tornando algo dificultoso. Para mim, o projeto apareceu como uma grande libertação, pois me trouxe esse lazer de volta. Desde então, minha vida é só felicidade”, disse.

O mesmo sentimento é compartilhado pela pedagoga Susy Luna. Ela participa do Acesso Cidadão acompanhando a irmã, Maria Helena, de 13 anos, que tem dificuldade de aprendizagem. “Todo esse tempo dentro de casa fez aumentar a ansiedade dela. Esse retorno foi muito importante para nós. Ela ama estar aqui. O Acesso Cidadão trabalha nela a questão da autonomia, a interação com outras pessoas, inclusive, crianças. Tudo isso me deixa bastante emocionada, por ver o quanto faz bem a ela”, afirmou Susy.

Convivência – O projeto não é especial apenas para as pessoas com deficiência e os familiares delas. A advogada Isabel Cristina mora na orla de Cabo Branco há 12 anos. Ela viu o projeto nascer e faz questão de apoiar a iniciativa. “Vim hoje à praia só para ficar perto deles. Gosto de estar junto, nem que seja apenas para conversar. Esse banho de mar é simplesmente maravilhoso para eles, pois trabalha o espírito, a alma. Eles saem daqui felizes. Acaba contagiando a todos nós. Que bom que voltou”, contou.

De acordo com o presidente da ACSocial e coordenador do Acesso Cidadão, Genilson Lima, o projeto precisou ser paralisado durante a pandemia para proteger os participantes e voluntários, já que as atividades exigem contatos físicos. “Como a situação está mais estável, nos possibilitando ter uma boa convivência, seguindo os devidos cuidados, decidimos voltar. Além disso, a gestão municipal já fez a vacinação de toda a rede. Então, chegou a hora de sairmos do nosso casulo”, comemorou.

Apoio- A Prefeitura de João Pessoa, através das Secretarias de Direitos Humanos e Cidadania (SEDHUC) e de Turismo (Setur), apoia a ação, oferecendo a logística para transporte de estruturas e equipamentos, além de servir água e frutas. As equipes dos serviços municipais que atendem a pessoas com deficiência também auxiliam os participantes.

Os secretários municipais de Direitos Humanos, João Corujinha; de Turismo, Daniel Rodrigues, e o secretário executivo da pasta, Ferdinando Lucena, estiveram presentes na ação.