Trabalho contínuo

Defesa Civil fecha o ano de 2023 com 437 atendimentos e mais de 13 mil metros de rios limpos

06/01/2024 | 19:00 | 281

Com ações voltadas para assegurar o bem-estar da população, a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec-JP) realiza um trabalho de prevenção que têm garantido tranquilidade aos moradores de áreas de risco, principalmente ribeirinhos, bem como a celeridade na vistoria de imóveis em vários bairros da Capital.  

Em 2023, a Defesa Civil registrou 437 atendimentos, sendo 236 ocorrências abertas através do Centro de Operações e 201 solicitadas da zeladoria, Ouvidoria e outras secretarias e órgãos da gestão municipal. Durante as vistorias, 159 imóveis foram interditados e 109 Relatórios de Vistoria Técnica emitidos.  

O número de ocorrências de 2023 diminuiu em relação a 2022, quando foram registrados 692 atendimentos. A média mensal foi de 57 registros em 2022 e 37 no ano passado. Essa redução é reflexo do trabalho realizado pela Defesa Civil para minimizar os transtornos e assegurar o bem-estar da população pessoense.  

“O que mais nos motiva nesse trabalho é a satisfação causada nas pessoas e o sentimento de dever cumprido. A gestão está firmada no propósito de continuar servindo – hoje totalizamos 1.100 dias sem vítimas fatais – e procurando prevenir eventuais desastres naturais que provoquem perdas de vidas”, destacou Kelson Chaves, coordenador da Defesa Civil da Capital.  

Kelson Chaves ressaltou ainda a importante participação das Secretarias de Infraestrutura (Seinfra), Desenvolvimento Social (Sedes), Direitos Humanos e Cidadania (Sedhuc), Meio Ambiente (Semam), Desenvolvimento Urbano (Sedurb), além da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) e Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP).  

Limpeza de rios – Durante o ano passado, 13.358,81 metros de trechos, em 4.368,58 horas de trabalho, removendo e destinando ao aterro sanitário do município 873,65 toneladas de lixo, vegetação e resíduos sólidos dos rios Jaguaribe, Cuiá, Cabelo, Trecho ‘Rio Morto’ do Jaguaribe, Mandacaru, Timbó e Gramame.

O serviço de limpeza e desassoreamento dos rios beneficiou as comunidades Tito Silva, Frei Damião, São José, Jardim Guaíba, Penha, Alfa, Beta e Gama, São Luiz, Três Lagoas, Pedro II, São Rafael, Beira Molhada, Laranjeiras, Mangabeira, Cuiá, Vale das Palmeiras, Tancredo Neves, Bairro dos Ipês, Varjão e Engenho Velho.  

Assistência social – A Compdec-JP também vem auxiliando a população, articulando políticas sociais para minimizarem os riscos fazendo com que as situações não cheguem à perda de vidas e isolamento territorial. No ano passado, o serviço social emitiu 25 relatórios sociais e encaminhou 103 pessoas para relocação.  

Como acionar a Defesa Civil – A Compdec/JP está presente em todas as ações de proteção e assistência às comunidades e em caso de ocorrência, a população deve acionar a Defesa Civil pelos números 98831-6885 (WhatsApp) ou pelo telefone 199. O serviço funciona 24 horas, inclusive aos sábados, domingos e feriados.