Até quinta-feira

Festival do Milho da Cecaf reúne preço acessível, gastronomia regional, serviços, apresentações culturais e artesanato

22/06/2022 | 09:00 | 160

Caminhão descarregado com 40 mãos de milho e banca quase vazia, à espera de um novo carregamento. Foi com a sensação de expectativa superada que Dona Cleide da Silva começou o Festival do Milho da Central de Comercialização da Agricultura Familiar (Cecaf), contabilizando a venda de mais de 2.000 espigas. Agricultora de Itapororoca, trabalha no campo desde os sete anos de idade. No primeiro dia, trouxe mais milho do que o previsto e ainda precisou repor o estoque antes do tempo! “Tenho milho a partir de R$ 20 a mão. A procura tá muito boa, trouxe a acima do que já trago e precisei mandar trazer mais. Graças a Deus estamos vendendo bem”, destacou.

“O nosso produto é extra, a qualidade é diferenciada. Trouxe 100 mãos para começar e já tô providenciando mais. Nossa meta é vender 500 mãos de milho até quinta. Temos milho com casca e sem, o cliente que escolhe. Enquanto a gente descasca, se o cliente quiser, tem um ‘milhinho assado’, para ele esperar já degustando. Muito boa a movimentação esse ano, estamos muito felizes”, destacou Felipe Vinícius, agricultor de Pitimbu.

Quem passar pela Cecaf até a quinta-feira (23), além de encontrar milho a preço acessível e de excelente qualidade, vai ter acesso a produtos da agricultura familiar, artesanato, gastronomia típica, serviços e regional e atrações culturais. Nesta quarta (22), a programação inclui serviços de saúde e beleza, apresentações das bandas Amigos do Forró, Voz de Menina e Rosy Martins, e se estende até as 14h. Já nesta quinta (23), último dia de Festival, a programação se estende até as 17h.

“O evento tem um caráter muito importante para os agricultores, pois representa economicamente a oportunidade de fazer uma boa renda e, claro, colher os frutos de tanto esforço na vida de trabalho no campo. Estamos extremamente felizes com a edição deste ano e notamos que os agricultores também estão satisfeitos. Vale destacar que, ao comprar os produtos da Cecaf, as pessoas estão contribuindo diretamente com o trabalho dessas pessoas. Uma vez que o lucro deles é de 100% e o cliente recebe os produtos do campo direto para sua casa, sem a cultura do atravessador”, destacou Jerônimo Júnior, diretor da Cecaf.

O Festival colabora para o desenvolvimento da economia solidária no Estado, bem como para o fortalecimento da Agricultura Familiar, uma vez que hoje concentra o trabalho de 96 agricultores familiares. “A gente fomenta a economia, a Agricultura Familiar, já que reunimos agricultores de toda a Grande João Pessoa. É uma satisfação termos ampliado tanto as ações dentro da Cecaf, está de parabéns a gestão do espaço, bem como todos aqueles que fazem dela um espaço democrático e organizado para a população”, destacou Fábio Carneiro, secretário da Sedurb.

Parceiros – O Festival é uma realização da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), em parceria com a Confederação Nacional dos Agricultores Familiares e Empreendedores Familiares Rurais do Brasil (CONAFER), a comissão de Agricultura da Cecaf, Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e as Secretarias de Infraestrutura (Seinfra), Saúde (por meio do PSF Colibris I), Comunicação (Secom), Desenvolvimento Social (Sedes), Empresa Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) e da Guarda Civil Municipal.

Programação:

Dia 22/06 – quarta-feira: 7h às 14h

Dia 23/06 – quinta-feira: 5h às 17h