Troca de experiências

Guarda Civil Metropolitana de João Pessoa promove capacitação para inspetores e subinspetores

13/01/2022 | 15:30 | 391

A Prefeitura de João Pessoa, por meio da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Semusb), está promovendo uma capacitação para inspetores e subinspetores da Guarda Civil Metropolitana. O evento ocorre nesta quinta-feira (13) e sexta-feira (14), nos turnos manhã e tarde, no auditório da Escola de Serviço Público do Estado da Paraíba (Espep).

A capacitação aborda aspectos jurídicos da atividade policial, as competências da Guarda Civil conforme a legislação em vigor, a produção de relatórios e ordens de serviços, tendo a finalidade de promover o direcionamento adequado e a captação de informações de modo eficiente para a construção de uma base de dados de serviço que possa ser utilizada em diversos campos da Secretaria.

“Este tipo de capacitação direcionada para os líderes das equipes de policiamento preventivo da Guarda agrega para toda a secretaria de forma geral, pois padroniza as ações e nos remete a uma comunicação mais eficiente. Esta foi a primeira de muitas capacitações que iremos promover para todos os servidores neste ano, bem como realizamos no ano passado”, afirmou João Almeida, secretário municipal de Segurança Urbana e Cidadania.

Participam da capacitação 60 servidores que atuam como inspetores e subinspetores da Guarda Civil Metropolitana da Capital. Para José Figueiredo, que vai fazer 35 anos na Guarda e atualmente atua como subinspetor, o curso é de extrema importância, pois ele se sente valorizado com a oportunidade.

“É muito importante não só para aqueles que estão sendo capacitados, como também para os que estão capacitando. Estamos trocando conhecimentos e experiências, todos nós nos sentimos valorizados e estamos sendo atualizados em assuntos de suma importância para nossa função e nossa atividade do dia a dia. Parabenizo a todos pela realização desta capacitação”, disse o servidor.

A capacitação é realizada pelos próprios servidores da Guarda como palestrantes e apresentam a necessidade de utilizar meios mais modernos e dinâmicos para que seja realizada a coleta de dados, sem que passe a ser apenas um preenchimento de relatório e sim uma demonstração de resultados que irão traduzir a atuação da Guarda em números de serviços prestados à Capital paraibana.

“Fizemos um trabalho de mudança nos formulários de ordem de serviço, com divisão por quadrantes, e nos relatórios de serviço diário, para agilizar a catalogação dos resultados, modernizar os procedimentos adotados e otimizar recursos desprendidos desde o processo de direcionamento de serviço até a extinção do uso de papel, por exemplo, seguindo os padrões do programa Prefeitura Conectada. Todas essas medidas agilizam nosso trabalho interno”, disse Surama Oliveira, subcomandante da Guarda Civil Metropolitana de João Pessoa.