JP 437 anos

Juliette encanta no encerramento da Festa das Neves

06/08/2022 | 09:00 | 4536

A última noite da tradicional Festa das Neves levou um grande público para o Parque Solon de Lucena. Pessoas de todas as idades passaram pelo local para acompanhar a festa no parque de diversões, nas barraquinhas de lanches e na frente do palco onde o encerramento teve como atrações Jhon Jhon e a cantora paraibana Juliette.

O diretor executivo da Funjope, Marcus Alves, afirmou que todos que fazem a Fundação e a Prefeitura estão celebrando esse momento, a Festa das Neves, o aniversário de 437 anos da cidade. Ele destacou que esta é uma festa tradicional ligada a uma rica história. “Este ano, conseguimos moldá-la em um novo formato, de maneira que pudemos conciliar todas as tradições em uma só festa”, afirmou.

A Festa das Neves, conforme Marcus Alves, é o encantamento da diversidade, onde se misturam o religioso, a cultura, a arte, o entretenimento. Ele enfatizou que, na rua, estiveram desde pessoas simples àquelas mais sofisticadas, todas iguais, no passeio, no cachorro-quente, na maçã do amor, no parquinho de diversões.

“Ao mesmo tempo, temos essa grandiosidade de poder apresentar um show como esse da Juliette na noite de hoje, que traz emoção, ternura, afago para a cidade de João Pessoa. A Prefeitura e a Funjope só podem agradecer a esse povo maravilhoso por ter acolhido e abraçado o nosso projeto de Festa da Neves nesse formato novo que realizamos este ano”, disse.

Público – O show da cantora Juliette começou às 22h, mas pela manhã, alguns fãs já marcavam território perto do palco para garantir o melhor lugar e não perder nenhum detalhe da apresentação. Gente da cidade, gente de longe, todos para ver a artista.

A estudante Brenda Silva reuniu dois amigos para assistir ao show. “Estou muito emocionada. É a primeira vez que vejo ela tão de perto”, comemorou. Edna Pereira, que acompanhou Brenda, também afirmou que a emoção era imensa. “Meu coração está a mil. Sei todas as músicas dela”, disse. Para Marco Antônio Arruda, que acompanhou as amigas, qualquer sacrifício vale a pena para ver a cantora. “Viemos a pé do bairro da Torre até o Centro só para curtir o show”.

A pedagoga Lilian Carla Vasconcelos Jorge saiu de Recife (PE) às 6h da manhã e chegou em João Pessoa às 9h30. “Sou muito fã, aquela andarilha que vai em todos os lugares atrás dela. Já viajei para São Paulo, Rio de Janeiro, praticamente todos os shows. Onde Juliette está, eu estou. Sou um cacto fiel”.

“Já fui a show dela no Rio de Janeiro, em São Paulo. Sou fã de carteirinha desde o reality. Estou aqui muito feliz por vê-la de novo. Juliette veio para tirar toda a energia negativa que existe em torno do Nordeste”, declarou o cabeleireiro Willamys Clayton Rodrigues Ramos.

A engenheira civil Paula Marques é de Campina Grande e diz que Juliette a cativou pelo amor que tem ao Nordeste. É uma coisa muito forte, que eu também tenho. As nossas raízes são o que de mais bonito nós temos, nossa cultura. Foi por isso que me apeguei tanto a ela. Eu acho que ela chegou para mostrar que ser do bem vale a pena”, completou.