Esporte

Prefeito encontra 61 crianças do projeto Campeões do Amanhã, medalhistas em campeonatos de jiu-jitsu

10/08/2022 | 13:00 | 226

O prefeito Cícero Lucena teve um encontro especial na manhã desta quarta-feira (10). Ele foi até o ginásio poliesportivo do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê), em Água Fria, para abraçar 61 crianças que treinam jiu-jitsu no projeto Campeões do Amanhã, da Prefeitura da Capital, e que foram medalhistas em campeonatos recentes. Os pequenos atletas mostraram suas medalhas e receberam certificados de reconhecimento pelo feito.

“Resgatamos o projeto Campeões do Amanhã pois sabemos o impacto que ele causa na vida de tantas crianças. Elas não se desenvolvem apenas na modalidade, mas como cidadãos, melhorando a saúde, o desempenho na escola e a relação familiar e com os colegas. E ainda podemos descobrir verdadeiros talentos que serão grandes campeões no futuro”, afirmou o prefeito.

As crianças conquistaram as primeiras posições no AJP Internacional Pro, realizado no último domingo (7) e no Campeonato Paraibano, que aconteceu no último mês de julho. No evento internacional foram 41 medalhas, sendo 15 de ouro, 23 de prata e três de bronze. Já no torneio estadual eles trouxeram 12 ouros, três pratas e três bronzes.

O secretário municipal da Juventude, Esporte e Recreação, Kaio Márcio, destacou que mais de 200 crianças são atendidas pelo projeto só na modalidade jiu-jitsu. “Fico muito feliz em ver o projeto crescendo, tomando forma, crianças e professores muito animados e esporte é isso: gerar oportunidade. Quisemos criar este momento de reconhecimento para que eles se sintam ainda mais estimulados”, afirmou.

Thamirys Tomaz é mãe de João Guilherme e Sofia Medeiros, ambos inscritos no projeto. Ela falou sobre a mudança que o esporte provocou na vida das crianças, principalmente na do filho. “Ele era um menino que vivia no celular, sedentário e hoje o vejo mais ativo e disposto. Perdeu 12 kg em apenas cinco meses no ‘Campeões do Amanhã’ e eu fico muito grata pois a medalha é um detalhe, o mais importante é como o esporte transforma a vida deles”, afirmou.

Nayara Melo, de 12 anos, disse que se apaixonou pelo esporte no projeto. “É muito legal. Temos muitos exemplos na academia de gente que mudou de vida e por isso recomendo muito que todos possam praticar. A gente é muito grato pelo programa e pelo apoio que nos dão também para a competição, como transporte e alimentação”, afirmou.

O evento ainda contou com a presença da reitora do Unipê, Mariana Brito, que reforçou a parceria da instituição com a Prefeitura para sediar as aulas do projeto e competições, e também do vereador Bosquinho.