Qualificação

Prefeito participa da abertura de Formação Continuada para porteiros e vigias das unidades de ensino da Capital

28/03/2022 | 11:00 | 398

O prefeito Cícero Lucena, acompanhado do vice-prefeito Leo Bezerra, participou na manhã desta segunda-feira (28) da abertura da formação continuada para 800 porteiros e vigias das escolas e Centros de Referência de Educação Infantil (Creis) da Rede Municipal, que acontece até terça (29), no auditório do Tribunal de Contas do Estado, em Jaguaribe. Também esteve presente a secretária de Educação e Cultura, América Castro.

“Educação é fundamental para construir uma cidade melhor. Todos são importantes nessa missão. Sintam-se parte desse projeto e recebam o nosso agradecimento pelo trabalho. Temos que proteger nossas escolas e creches como um grande patrimônio da cidade”, disse o prefeito.

A formação é realizada pela Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), por meio do Departamento de Escola de Formação/Cecapro e Diretora de Ensino, Gestão e Escola de Formação (Degef), onde, através de palestras, são abordadas temáticas relativas ao exercício profissional, bem como técnicas e estratégias para melhorar e aperfeiçoar o atendimento. A formação acontece das 8h às 11h30 e das 13h às 17h.

“Uma formação como essa serve para termos primeiramente um mesmo direcionamento dentro da Rede, no chão da escola. E são esses profissionais que têm a convivência diária com os pais, com os alunos, são os primeiros a receber a comunidade escolar quando chegam na unidade de ensino. Queremos melhorar cada vez esse atendimento”, falou a secretária América Castro.

Palestras – A primeira palestra foi ministrada pela professora Andrea Sobreira Teixeira, do Degef, que falou sobre a função do vigia/porteiro no âmbito escolar. Ela destacou a escola como uma instituição responsável em educar. Por sua vez, o agente de portaria/vigia da escola se torna o guardião deste espaço educativo.

A segunda palestra será ministrada pelo diretor operacional da Guarda Municipal de João Pessoa, Sandro Alex da Costa Silva, que terá como objetivo refletir sobre o papel do vigilante e porteiros, atribuindo suas habilidades e atitudes que o capacitem para o exercício da profissão, em complemento à segurança pública incluída as atividades relativas à vigilância patrimonial, à segurança física dos estabelecimentos escolares.