Inclusão e acessibilidade

Prefeitura avança no projeto de criar Centro de Atendimento ao Turismo Adaptado

16/08/2021 | 18:31 | 601

A Prefeitura de João Pessoa deu mais um passo para a implantação do projeto de criação do Centro de Atendimento ao Turismo Adaptado na praia de Cabo Branco. Nesta segunda-feira (16), o secretário de Turismo, Daniel Rodrigues, se reuniu com Lívia Moura, assessora executiva do Programa Pátria Voluntária, e com Genilson Lima, presidente da AC Social, para a apresentação do projeto que pode ser inserido no programa do Governo Federal Pátria Voluntária para aquisição de equipamentos e recursos financeiros.

O programa foi criado em dezembro de 2019 por meio do Ministério da Cidadania com o objetivo de reconhecer as iniciativas de trabalho voluntário desenvolvidas por organizações da sociedade civil, pelo setor público, empresarial ou por pessoas físicas. Lívia Moura disse ter ficado impactada de forma positiva com o trabalho que vem sendo desenvolvido na praia de Cabo Branco através do Projeto Acesso Cidadão, administrado pela AC Social e que está completando 10 anos em novembro de 2021.

O programa foi criado em dezembro de 2019 por meio do Ministério da Cidadania com o objetivo de reconhecer as iniciativas de trabalho voluntário desenvolvidas por organizações da sociedade civil, pelo setor público, empresarial ou por pessoas físicas. Lívia Moura disse ter ficado impactada de forma positiva com o trabalho que vem sendo desenvolvido na praia de Cabo Branco através do Projeto Acesso Cidadão, administrado pela AC Social e que está completando 10 anos em novembro de 2021.

O Centro de Atendimento ao Turismo Adaptado prevê a adequação de um espaço na areia da praia para a prática de vôlei e bocha; instalação de academia híbrida e playground com brinquedos adaptados interativos para crianças especiais; um quiosque de apoio com banheiros, depósitos, atendimento ao público, guarda volumes e copa; e, ainda, espaço de contemplação e convivência com piso nivelado integrado aos outros espaços, com esteira adaptada para facilitar a locomoção até o mar.

O Espaço Turístico, conforme o secretário Daniel Rodrigues, contemplaria ações que atenderiam aspectos de desenvolvimento do Turismo Acessível, projeto do Ministério do Turismo, e que amplia as opções de lazer e serviços para os turistas com algum tipo de dificuldade de mobilidade. “João Pessoa tem todos os elementos que permitem que os turistas possam ser atendidos, em especial, na orla marítima. Esse espaço seria importante porque também serviria para atendimento dos moradores da cidade, que seriam acolhidos durante todos os dias com diversas atividades”, pontuou Daniel Rodrigues.

Genilson Lima, presidente da AC Social, disse que a implantação do projeto seria mais um serviço a ser oferecido às pessoas com deficiência física em João Pessoa e que atualmente já tem sido frequentado por pessoas de todo o mundo. Nesse sentido, além de criar esse novo ambiente, a AC Social já tem a intenção de tornar esse atendimento todos os dias da semana e não apenas aos sábados como vem acontecendo. “As pessoas não emprestam apenas braços e pernas, emprestam solidariedade e atenção”, ressaltou Lima.