Troca de experiências

Prefeitura de João Pessoa é referência em transparência pública e se reúne com equipe de Mogi das Cruzes

05/10/2021 | 18:30 | 373

A Prefeitura de João Pessoa é referência de qualidade na prestação de serviços à população quando o assunto é transparência pública. Por causa disso, a equipe da Secretaria Executiva da Transparência Pública (Setramp) participou de uma reunião com a Prefeitura de Mogi das Cruzes, na região metropolitana de São Paulo, para troca de experiências. No encontro, que aconteceu de forma virtual na tarde desta terça-feira (5), foram apresentadas as ações de melhores práticas, desafios e metodologia de trabalho da equipe da Capital paraibana.

No Portal da Transparência de João Pessoa, o cidadão encontra todas informações relativas à pandemia de Covid-19, diversos serviços e informações da administração municipal, desde informações sobre licitações e contratos até quais documentos são necessários para dar entrada em algum processo junto à administração municipal, através das mais de 400 Cartas de Serviços cadastradas, assim como o detalhamento da folha de pagamento do município.

O secretário executivo da Transparência Pública e ouvidor geral do Município, Rafael Costa, destacou a importância dessa troca de experiências. “Conhecer os desafios de Mogi das Cruzes e saber que estão estruturando uma secretaria que vai abranger além da transparência, ouvidoria é uma satisfação. Além disso, é muito gratificante saber que a Prefeitura de João Pessoa é referência de qualidade na prestação desses serviços à população. Desta forma, procuramos sempre contribuir e disseminar nossa forma de fazer transparência e ouvidoria, porque acreditamos que colaborar com outros municípios é a melhor forma de construirmos um país melhor, fortalecendo a cultura da transparência e de atendimento de qualidade ao cidadão”, disse.

Rafael Costa completou ressaltando que a equipe estará sempre à disposição para todo e qualquer município que queira conhecer melhor o trabalho da Setramp de João Pessoa. “Inclusive, indicando ferramentas gratuitas, que não oneram os cofres públicos, como a cessão do código do portal, bem como indicando sistema de gestão a custo zero, no caso, o Fala.BR do Governo Federal. Essas ferramentas nos ajudam a melhorar a prestação do serviço tanto na transparência, quanto na ouvidoria”, completou.

A secretária adjunta de gabinete de Mogi da Cruzes, Juliana Nakagawa, ressaltou que João Pessoa tem servido como referência para a gestão paulistana. “Estamos iniciando em nossa cidade a implementação das secretarias da transparência pública e de comunicação social, motivo pelo qual, acreditamos no intercâmbio de experiências e conhecimentos para formação de novas políticas públicas para o desenvolvimento das cidades. Nos espelhamos e nos inspiramos no exemplo de João Pessoa para servir como modelo para os nossos futuros trabalhos, haja vista, os excelentes resultados já alcançados em transparência pública, sendo reconhecidos até mesmo internacionalmente”, disse.