Planejamento

Prefeitura realiza 3ª audiência pública para apresentar diretrizes e propostas de revisão do Plano Diretor

16/03/2022 | 14:30 | 203

A Prefeitura de João Pessoa realizou, na noite desta terça-feira (15), a 3ª audiência pública do processo de revisão do Plano Diretor do município. Na ocasião, foram debatidas as diretrizes e propostas para que a cidade possa se desenvolver de forma sustentável. O evento foi realizado de forma presencial, no auditório do Centro de Formação de Educadores Professora Elisa Bezerra Mineiros, em Mangabeira, e também foi transmitido pela internet.

O conteúdo apresentado e debatido é fruto de cerca de 140 eventos já realizados desde que as discussões começaram, em junho do ano passado. São desde reuniões técnicas internas, encontros setoriais com entidades e instituições, universidades, Ministério Público e órgãos de proteção do patrimônio histórico e ambiental, reuniões abertas com a população, oficinas de propostas e audiências públicas.

O secretário de Planejamento de João Pessoa, José William, reforçou a importância da participação popular desde o início do processo de discussões. “Esse é um plano que vai muito além dos 10 anos de sua revisão obrigatória pelo Estatuto da cidade. O que nos obriga a pensar e agir para o longo prazo, definindo agora o que queremos para o nosso meio ambiente, nossa mobilidade urbana e humana, a saúde, a educação, e outras áreas importantes para a cidade e os seus cidadãos”, comentou.

Já o secretário executivo de Participação Popular, Tiago Diniz, destacou as dezenas de eventos já realizados pela Prefeitura para debater propostas para que a cidade possa se desenvolver de forma sustentável. “Este será, sem dúvidas, um Plano Diretor legitimado, porque é discutido com a população, com as mais diversas representações técnicas e da sociedade civil”, observou.

Além dos dois secretários municipais, também participaram representantes do programa João Pessoa Sustentável, como a arquiteta Valéria Von Büldring, responsável pela Equipe Técnica de Integração Municipal (ETIM), o engenheiro civil Gustavo Taniguchi e o arquiteto/urbanista Juliano Geraldi.

Temática debatida – Os representantes explicaram, em detalhes, como a participação de todos no processo de revisão resultou na formulação de 35 diretrizes e 178 propostas envolvendo as temáticas: ambiental, econômica, social, infraestrutura, gestão, mobilidade, urbanismo e habitação, e articulação metropolitana.

Para cada eixo temático, foram apresentadas diretrizes e propostas estratégicas específicas, que ao final do processo serão levadas à Conferência Municipal responsável pelo envio do documento a ser encaminhado à Câmara dos Vereadores, que transforma em lei e atualiza o Plano Diretor.

Marcada por intensa participação popular, com dezenas de intervenções de representantes comunitários e de entidades e instituições da sociedade civil organizada, a audiência durou cerca de três horas e encerrou mais uma fase – a terceira de cinco – do processo de revisão do Plano Diretor do município.

Site – Os conteúdos apresentados durante audiência podem ser consultados no site www.pdjp.com.br, onde é possível ainda conferir outros documentos e enviar dúvidas, críticas e sugestões.