Qualificação

Professores e especialistas da Educação Infantil iniciam segunda etapa de formação continuada

07/06/2022 | 14:00 | 408

A Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec-JP), por meio da Diretoria de Ensino, Gestão e Escola de Formação (Degef), está realizando até esta quinta-feira (9) o projeto de formação continuada para aproximadamente 900 professores e especialistas dos Centros de Referência de Educação Infantil (Creis) e de escolas de educação infantil da Rede Municipal de Ensino. A formação acontece nos turnos da manhã e da tarde, em nove salas do Centro de Educação (CE) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

“Nós, enquanto Secretaria de Educação, só temos que agradecer essa parceria com o Centro de Educação. Isso tem um significado muito grande para a educação básica que precisa se nutrir da produção do conhecimento do que é produzido especificamente no campo da educação infantil”, disse a diretora da Degef, professora Drª Clévia Carvalho.

O tema da formação é ‘Quem são as crianças que chegam na Educação Infantil?’ e é coordenado pelo Departamento de Educação Infantil da Sedec. Para a diretora do Departamento de Educação Infantil da Sedec, professora Drª Maria Sonaly Machado de Lima, o objetivo é qualificar o atendimento as crianças da Rede Municipal de Ensino.

“A partir do acompanhamento pedagógico nas unidades de Educação Infantil fomos observando as reais necessidades e a partir deste panorama planejamos esse projeto de Formação continuada. Entendemos que a formação em serviço, é uma intervenção pedagógica que qualifica os profissionais da área. No próximo mês teremos outro encontro abordando outras temáticas”.

A primeira etapa da formação aconteceu no mês de maio e contou com a presença do prefeito Cícero Lucena. Nessa segunda etapa as atividades são presenciais e práticas.

A professora do Crei Delegada Maria Tereza de Sousa Leite, Mayeni Almeida sabe da importância de participar dessa formação. “Isso faz com que sempre reflitamos a nossa prática, revendo o que podemos trazer de bom para nossos alunos. O mais importante são eles. Todo o nosso fazer pedagógico, todo o nosso pensar, é a criança como protagonista. Essa formação faz que tenhamos essa sede de fazermos o melhor para nossas crianças”, disse com alegria.

O Projeto atende 761 professores que atuam na Educação Infantil, sendo 382 que atendem crianças de 0 a 3 anos (creche), e 379 professores que atendem crianças de 4 e 5 anos (pré-escola). Além de 106 supervisores, sendo 51 de Centros de Referência de Educação (Creis) e 54 de escolas. Ao todo, serão atendidas com o Projeto 92 Creis e 54 escolas.