Reforma de moradias

Programa ‘Cuidar do Lar’ já soma 300 inscritos e cadastro para novos beneficiários continua

18/04/2022 | 08:00 | 1635

Em um mês de lançamento, o programa ‘Cuidar do Lar’, realizado pela Prefeitura de João Pessoa, por meio da Secretaria Municipal de Habitação (Semhab), já soma 300 inscritos. A iniciativa visa reformar imóveis em situação insalubre de famílias de baixa renda.

A secretária de Habitação de João Pessoa, Socorro Gadelha, explicou que o programa é custeado com verbas do Fundo de Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de João Pessoa para atender comunidades carentes, de pessoas que moram em casas com problemas estruturais e que tenham renda familiar de até dois salários mínimos. 

“O programa destina R$ 8.800 para reforma e R$ 40 mil para reconstrução. Neste último caso, a casa só é derrubada se houver um laudo da Defesa Civil indicando que o imóvel representa perigo para moradia. Se houver possibilidade de reconstrução no mesmo local, será feito. Caso contrário, buscamos outra área para a família”, ressaltou a secretária.

Socorro Gadelha explicou que a reforma ou reconstrução do imóvel será feita por empresas licitadas pela Prefeitura.  “Os engenheiros da Secretaria Municipal de Habitação vão até as residências, avaliam a avaria do imóvel e fazem um projeto de reforma ou reconstrução e, a partir daí, as empresas licitadas para o serviço se encarregam de toda a obra – material e execução”, detalhou.

A expectativa da Semhab é iniciar as inspeções dos primeiros inscritos a partir do dia 2 de maio.

A iniciativa – O programa Cuidar do Lar atenderá nessa primeira fase mil pessoas que se encaixem nos critérios definidos pela Prefeitura. Terão prioridade famílias que passaram por sinistro; que habitem em imóveis em condições mínimas de habitabilidade; famílias em situação de vulnerabilidade social; famílias cujo responsável seja mulher; pessoa com deficiência que habite de forma permanente no imóvel objeto da intervenção; idoso que habite de forma permanente no imóvel objeto de intervenção; família com menor renda familiar dentro do programa.

Para fazer a inscrição online, o interessado deve realizar o procedimento por meio da plataforma Prefeitura Conectada, no link.