Proteção

Saúde explica importância da vacina que previne contra hepatite B

09/03/2022 | 08:00 | 741

O Ministério da Saúde (MS) recomenda que o jovem já tenha tomado as três doses da vacina que previne contra hepatite B. Essa orientação é dada também aos usuários pelos profissionais da saúde para que essa prevenção seja feita antes de começar a vida sexual. A vacina tem uma eficácia protetora elevada, sobretudo nas crianças.

D R T . R J . 15855.Ivomar Gomes Pereira.

A vacina é ofertada em todas as salas de vacina da Rede Municipal de Saúde. O esquema básico se constitui de três doses, com intervalos de 30 dias da primeira para a segunda dose e 180 dias da primeira para a terceira dose. O esquema de vacinação atual é feito aos dois, quatro e seis meses de idade com a vacina pentavalente e dois reforços com a Tríplice Bacteriana (DTP).

“Além da transmissão por meio do contato com o sangue de um indivíduo infectado, o vírus causador da hepatite B é facilmente transmitido pelo contato sexual desprotegido. A resposta vacinal somente será obtida após o esquema completo”, explicou Fernando Virgolino, chefe da Seção de Imunização da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP).

No caso de gestantes, que não recebeu o imunizante antes de engravidar ou, não completou todo o esquema, ela precisa receber a vacina hepatite B o mais cedo possível. “Neste caso o esquema é o mesmo: são três doses, com intervalo de um mês entre a primeira e a segunda, e de 180 entre a primeira e a terceira”, informou o chefe da Imunização.

Além da vacina que previne contra hepatite B, a gestante deve também tomar a dTpa, recomendada a todas as gestações. Além de proteger a gestante e evitar que ela transmita a Bordetella pertussis ao recém-nascido, permite a transferência de anticorpos ao feto o protegendo nos primeiros meses de vida até que possa ser imunizado.

“É importante que o usuário visite a Unidade de Saúde da Família de referência, a mais próxima de sua casa com o cartão de vacina, converse com os profissionais de saúde e veja qual vacina precisa ser colocada em dia. Temos oferta das vacinas, temos uma assistência multiprofissional qualificada e humanizada para atender à população”, completou Fernando Virgolino.