Assistência

Secretaria Municipal de Saúde reforça importância do pré-natal

12/02/2021 | 08:30 | 267

A gravidez é um momento único na vida da mulher e, para evitar surpresas e garantir a saúde do bebê que está por vir é imprescindível a realização de um pré-natal completo. Com o objetivo de cuidar das pessoas, a Prefeitura Municipal de João Pessoa, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), reforça a importância do serviço, que é oferecido na rede municipal.

A realização do pré-natal representa papel fundamental na prevenção e/ou detecção precoce de patologias tanto maternas como fetais, permitindo um desenvolvimento saudável do bebê e reduzindo os riscos da gestante. Além disso, o serviço na rede de João Pessoa é humanizado, preparando a mulher para a maternidade.

Pré-natal garante uma gestação segura e saúde para o bebê

“O ideal é que a gestante procure a rede o mais rápido possível, assim que souber da gravidez ou até antes, quando tiver o desejo de engravidar. Desta forma, nós conseguimos identificar o melhor momento para ela engravidar e se há algum problema ou comorbidade possa atrapalhar sua gestação”, explicou a técnica da Saúde da Mulher, Fabiana Veloso.

Instituto Cândida Vargas é referência na rede municipal para atender gestantes de risco

Assim que descobrir a gravidez, a mulher deve procurar a Unidade de Saúde Básica (UBS) mais próxima para iniciar o pré-natal. No local, ela receberá todo o acompanhamento durante a gestação. Em caso de gravidez de risco, será encaminhada para centros especializados. No caso da rede municipal, o Instituto Cândida Vargas é referência, atendendo mulheres da Capital e de outras cidades da Paraíba.

Atividades – Além do acompanhamento, há a recomendação de práticas saudáveis para as mulheres grávidas. Para isso, o Centro de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, como o Equilíbrio de Ser, oferece uma série de atividades destinadas às gestantes, como rodas de conversas, aulas de yoga, meditação, automassagem, dentre outras. O espaço fica localizado na Rua João Batista Maia, no bairro dos Bancários e para ter acesso, basta residir na Capital e apresentar o cartão do SUS.